"A venda de Cristiano Ronaldo foi muito imprudente", critica ex-presidente do Real Madrid

Comentários()
Getty Images
Ramón Calderón assegura que "não existe dinheiro que pague o verdadeiro valor" do craque português

O início ruim de temporada do Real Madrid não só rende críticas ao time e ao técnico Julen Lopetegui, mas também e, talvez até principalmente, ao presidente Florentino Pérez. Isso porque Cristiano Ronaldo tem feito falta aos Blancos, que sofrem com a ausência de gols nos primeiros jogos de 2018/19. A equipe inclusive ficou quatro jogos seguidos sem balançar as redes, o que nunca aconteceu durante a passagem de CR7 pelo clube e não acontecia desde 1985.

A saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus por 112 milhões de euros tem sido muito criticada e, para o ex-presidente merengue, Ramón Calderón, mandatário do gigante espanhol entre 2006 e 2009, Pérez foi imprudente ao vender o gajo.

"(Cristiano Ronaldo) É um líder. A Juventus foi muito sábia em sua decisão. Não existe dinheiro para pagar seu verdadeiro valor, porque ele marca 50 gols por temporada. É a ausência do Real Madrid", criticou Calderón, em evento organizado pelo Financial Times.

"O Real Madrid sabia que, quando ele estava em campo, o time marcava gol. Sua venda foi muito imprudente. Mas, ainda assim, não creio que o domínio do Real Madrid na Europa vai acabar", concluiu.

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar