A Conexão Francesa: Pablo - Boas coisas vêm para aqueles que esperam

Getty
O defensor brasileiro é um dos muitos estrangeiros que têm impressionado na Ligue 1

Às vezes na vida é importante dar um passo para trás para conseguir avançar depois.

A jornada do zagueiro Pablo, do Bordeaux é um testemunho disso. No dia 12 de outubro ele atingiu um sonho de uma vida inteira ao vestir as cores da Seleção Brasileira pela primeira vez.

Há apenas 18 meses, ele foi emprestado ao Corinthians, não tendo atingido as expectativas depois de uma transferência de 6 milhões de euros da Ponte Preta um ano e meio antes. Sua primeira temporada foi marcada por lesões Na segunda ele não conseguia ganhar espaço no time.

Pablo Brazil Saudi Arabia 12102018(Foto: Pedro Martins / MoWa Press)

Não admira que o jogador de 27 anos, que começou a temporada 2018-19 recebendo um cartão vermelho depois de apenas 13 minutos na derrota por 2 a 0 contra o Strasbourg, tenha ficado tão emocionado com a sua surpresa. "Eu vou chorar quando eu colocar minha camisa", disse ele.

“Fiquei surpreso quando recebi a ligação. Eu não achei que tivesse uma chance. Meu pai me ligou e disse: "Você está na seleção!" Eu disse: "É uma piada, pai?" Era verdade. Eu chorei muito e gritei junto com minha esposa. Foi o melhor."

Um amistoso contra a Arábia Saudita abriu o caminho para o atleta. Foi convocado no lugar de Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, para alcançar o que antes parecia um sonho impossível. Ao lado de Marquinhos do PSG e pelo ex-jogador da Ligue 1, Fabinho, ele jogou a partida, que foi vencida por 2 a 0.

Pablo admite que vive em constante aprendizagem desde que se mudou para a França, em agosto de 2015, e acredita que tudo valeu a pena.

"Minha chegada em Bordeaux foi muito complicada", disse ele à mídia. “O futebol, a cultura, como se adaptar… eu era jovem, precisava ter mais experiência.

“Quando voltei depois do empréstimo, fiquei mais forte. Agora eu amo a França.

Pablo, que conquistou o Brasileirão com o Corinthians e foi eleito o melhor defensor da competição, aproveitou as circunstâncias para deixar sua marca no retorno da Ligue 1.

Pablo Corinthians Bahia Brasileirao Serie A 22062017(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Ele encontrou um Bordeaux muito diferente quando voltou. Jocelyn Gourvennec, o técnico que o ignorou, foi demitido e substituído pelo uruguaio Gus Poyet, que assumiu o comando da equipe em meio a uma crise defensiva. Ele precisava de um jogador de confiança que fosse forte no jogo aéreo, e Pablo se encaixou na conta.

Ele oferece uma forte combinação de atributos defensivos. É claro que sua força aérea pode ser a mais óbvia, mas seu jogo no chão é impressionante para um jogador com o seu porte físico de 1,88 m.

Agora capaz de aproveitar ao máximo seus pontos fortes, o jogador de 27 anos rapidamente se tornou um dos pilares de uma equipe que chegou à Europa League e ganhou um novo contrato até 2021.

Poyet pode ter ido embora, mas o status de Pablo na equipe foi garantido graças ao seu robusto jogo defensivo. Se tornou um jogador diferente daquele que chegou pela primeira vez na França. A chegada do compatriota Ricardo Gomes como treinador só ajudará no seu crescimento.

French Connection Pablo Bordeaux 17102018

"Ficar no Bordeaux neste verão foi uma escolha que fiz pela minha família e também uma escolha esportiva porque o Bordeaux é um grande clube e me dá mais visibilidade para jogar na Seleção", disse ele.

“Agora que estou aqui, o mais difícil será ficar aqui. Eu não quero jogar só de vez quando”.

Pablo não se ilude e sabe que será difícil manter na seleção mais célebre do mundo. Ele pessoalmente identificou seu domínio de bola como uma fraqueza que ele precisa melhorar, mas em termos de habilidades defensivas "puras", há poucos melhores.

Sua perseverança, no entanto, pode ser a sua maior força, mostrando um caráter notável para superar sua saída precoce na França para aproveitar ao máximo sua oportunidade fora da Ligue 1 e alcançar um sonho aparentemente impossível.

Próximo artigo:
FIFA 19 Seleção da Semana: De Gea, Suárez e Fabinho lideram melhores da rodada
Próximo artigo:
BMG indica patrocínio ao Corinthians e inicia “batalha por seguidores” contra a Crefisa
Próximo artigo:
“Não estamos bem, temos que ser sinceros”, diz Casemiro após outra derrota do Real Madrid
Próximo artigo:
Allegri elogia talento de CR7 para decidir jogos importantes: “por isso contratamos ele”
Próximo artigo:
Mercado de transferências: Os últimos rumores de Barcelona, Real Madrid, PSG e todos os grandes clubes
Fechar