16 anos atrás, o Real Madrid apresentava seu reforço mágico: Zidane

Comentários()
Zinedine Zidane, 2001
Hoje técnico dos Blancos, eterno craque francês era apresentado como mago do meio-campo em 9 de julho de 2001

Zinedine Zidane é uma das maiores lendas da história do Real Madrid. Um dos melhores jogadores de todos os tempos, o eterno craque brilhou nos Blancos como meia, empilhando taça após taça, e repete a magia como técnico merengue, bicampeão da Champions League, campeão de La Liga e campeão mundial em apenas dois anos no comando. Essa trajetória espetacular começou 16 anos atrás.

Em 9 de julho de 2001, Florentino Pérez, presidente merengue, apresentava Zidane, novo reforço do clube, dizendo que o francês "nasceu para jogar no Real Madrid". O meia vinha da Juventus, onde tinha brilhado nos anos anteriores.

Os primeiros contatos com o então jogador ocorreram um ano antes de sua chegada ao Santiago Bernabéu. Pérez, que tinha acabado de se tornar presidente do Real Madrid, sonhava com Zidane após a bombástica contratação de Luis Figo. O francês, afinal, além de brilhar na Juventus, tinha conquistado a Copa do Mundo para a França marcando dois gols na final e já tinha uma Bola de Ouro. Era um craque, dos maiores jogadores do mundo.

Zidane e Florentino Pérez se conheceram no ano de 2000, em Montecarlo, em uma cerimônia da Uefa por conta da Champions League, e ambos, sem ter planejado, acabaram se sentando na mesma mesa. Foi ali que o presidente do Real Madrid deu o primeiro passo, perguntando se o então meia da Juventus gostaria de jogar no time espanhol.

Zinedine Zidane Juventus(Foto: Getty Images)

"Estávamos sentados jantando, e Florentino me passou um pedaço de papel escrito em francês: 'quer jogar no Madrid?'. Eu lhe respondi com um sim em inglês. Foi um dos dias mais felizes da minha vida", revelou Zidane, em entrevista alguns anos atrás à Vogue.

Zidane deu o sim ao Real Madrid um ano antes de deixar a Juventus e jogar sua última temporada pela Vecchia Signora. Após o fim da temporada 2000/01, Zizou manifestou seu desejo de deixar a Juve, e Pérez iniciou as negociações para contratar o francês. No entanto, contratar o meia não foi fácil. A equipe de Turim, afinal, não deixaria um dos melhores jogadores do mundo sair por qualquer valor.

Por isso, o Real Madrid, apenas um ano depois de quebrar o recorde e tornar Figo o jogador mais caro da história do futebol, bateu sua própria marca contratando Zidane por cerca de 76 milhões de euros, tornando o francês o mais caro do esporte em todos os tempos. Nascia ali, definitivamente, o Real dos Galácticos, que já tinha Zidane, Figo e Raúl, e começava ali a transformação dos Blancos, que teria em Zidane uma lenda como jogador e treinador.

Próximo artigo:
"Que seja feita a sua vontade", desabafa Neymar após lesão
Próximo artigo:
De Jong é o herdeiro de Xavi e Iniesta no Barcelona
Próximo artigo:
Diretor do Corinthians diz que "acha quase impossível" o retorno de Romarinho
Próximo artigo:
Sorteio da Copa América 2019: onde, quando será e como funciona?
Próximo artigo:
Chelsea x Tottenham: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Fechar