Com novo vice, Messi também deve ficar para trás na Bola de Ouro

Sem título da Copa América Centenário, craque argentino não deve levar seu sexto prêmio

Além de perder sua quarta final e seguir sem títulos pela seleção principal da Argentina, a derrota para o Chile nos pênaltis na decisão da Copa América Centenário deve fazer Lionel Messi ficar para trás também na briga pela Bola de Ouro. O craque não deve levar seu sexto prêmio da honraria.


GOALLEIA MAIS: GOAL
O futebol e a história falharam com Messi | Messi é um dos maiores da história | Não julguem Messi


O camisa 10, apesar de ficar dois meses longe dos gramados por uma lesão e não ter feito uma temporada no nível habitual, foi importante para o Barcelona. Entre dezembro e março viveu uma fase espetacular, além de ter sido o líder de assistências de La Liga e um dos artilheiros da Copa del Rey, tendo exibições memoráveis nos dois torneios conquistados pelo Barça. No entanto, ele fracassou na Uefa Champions League e na CA100.

Enquanto Messi teve altos e baixos, Cristiano Ronaldo, que foi muito mal na metade inicial de 2015/16, brilhou na reta final da temporada pelo Real Madrid. Ele foi o artilheiro e quebrou recordes no 11º título da Champions. Apesar de sumido na final e na semifinal, marcou o gol do título nos pênaltis e foi primordial na fase de grupos, oitavas e quartas de final, isso sem falar na artilharia, nos recordes e na importância vital para a equipe no torneio. Sem ele, os Blancos não teriam sido campeões. CR7 ganhou e foi o craque do principal torneio da Europa, com isso, mesmo que não esteja fazendo uma grande Euro 2016 e tenha ficado para trás em La Liga e na Copa del Rey, ele leva vantagem no duelo com Messi e pode faturar a Bola de Ouro. Ele é o favorito para levar o prêmio.

(Fotos: Getty Images)

Quem também está na briga é Luis Suárez. O craque uruguaio foi o artilheiro de La Liga e segurou as pontas nos piores momentos do Barcelona na temporada. O camisa 9 também é nome forte para a Bola de Ouro, assim como Antoine Griezmann, que caso vença a Euro 2016 com a França, pode ter chances, já que fez grande temporada pelo Atlético de Madrid, apesar de ter sumido na final da UCL.

Outros nomes como Pogba e Neymar também podem crescer, mas não parece ser o mais provável. Pogba tem mais chances caso seja campeão com a França, já que brilhou pela Juventus, enquanto o brasuca tem menos chances, já que ficou abaixo de Messi e Suárez na temporada e, obviamente, abaixo também de Cristiano Ronaldo. No entanto, uma medalha de ouro olímpica com ele como grande protagonista pode ter um peso considerável, ainda que a Fifa não leve a competição muito a sério.