Notícias Placares ao vivo

Luis Suárez quebra recordes, deixa Messi e CR7 para trás, é o cara do título e merece a Bola de Ouro

Pela terceira vez nas últimas quatro temporadas, pelo segundo ano seguido e pela 24ª vez na história, a Espanha é azul-grená. Neste sábado, após a vitória por 3 a 0 sobre o Granada, o Barcelona merecidamente se sagrou campeão de La Liga 2015/16.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Barça vence Granada e é campeão espanhol | O que disseram os campeões | Os números de mais uma atuação magistral de Suárez


Dono do melhor ataque e da segunda melhor defesa da competição, os Blaugranas tiveram alguns problemas, principalmente no mês de abril, quando perderam três jogos seguidos - foram quatro partidas sem vitórias, contando um empate com o Villarreal em março - e viram a confortável vantagem sobre Real Madrid e Atlético de Madrid desaparecer. No entanto, ao longo de toda a campanha, o Barça foi superior aos rivais, mostrou melhor futebol, deu um verdadeiro espetáculo e mereceu a conquista.

(Foto: Getty Images)

Conquista que tem alguns personagens importantíssimos. Daniel Alves fez boa temporada; Mascherano, pouco comentado, fez um 2015/16 de altíssimo nível, como nos últimos anos, jogando demais; Jordi Alba também foi bem, assim como Piqué, Busquets, Sergi Roberto e Rakitic; Iniesta teve alguns momentos de pura genialidade; e, é claro, o principal: o trio MSN.

Lionel Messi, apesar de ficar dois meses fora por lesão, foi fundamental com algumas atuações magistrais, principalmente entre janeiro e março, quando fez de cada partida barcelonista um grande show de magia. Neymar não rendeu o esperado em alguns jogos e teve altos e baixos ao longo da temporada, mas também teve seus momentos de brilho e jogou demais no geral, sendo importantíssimo para a conquista azul-grená e mostrando uma genialidade absurda em alguns duelos.

No entanto, o grande nome do título do Barcelona é Luis Suárez, o nome menos badalado do trio MSN.

O craque uruguaio viveu uma temporada extraordinária e foi vital para o título de La Liga. Com 40 gols, ele foi o artilheiro do Campeonato Espanhol, superando Cristiano Ronaldo (35) e Lionel Messi (26). O uruguaio é o primeiro desde o compatriota Diego Forlán, em 2008/09, a quebrar o domínio do português e do argentino, que sempre foram os goleadores do torneio desde então. Como principal artilheiro das ligas europeias, o atacante ainda vai receber a Chuteira de Ouro da temporada. E além disso, Suárez também foi o líder de assistências de La Liga, ao lado do camisa 10 barcelonista, com 16 passes para os companheiros balançarem as redes.

Como se isso não bastasse, o uruguaio ainda carregou o Barcelona e ajudou o time a superar a má fase. No momento em que o Barça mais precisou de alguém para liderar a equipe e superar os problemas, Suárez apareceu. Nos últimos cinco jogos, ele encerrou a sequência negativa azul-grená marcando incríveis 14 gols, incluindo um hat-trick na vitória deste sábado, sobre o Granada, por 3 a 0, que garantiu o título. Por sinal, em suas duas temporadas nos Blaugranas, o camisa 9 conquistou La Liga duas vezes. Retrospecto perfeito.

Confira os números de Luis Suárez nesta temporada de La Liga:

Luis Suárez, foi, indiscutivelmente, o melhor jogador de La Liga, mas ele merece mais do que esse prêmio e também o Pichichi dado ao artilheiro, além de ser o líder de assistências e dono da Chuteira de Ouro. Muitos outros craques fizeram grandes temporadas e ainda vão jogar a final da Uefa Champions League, a Euro 2016 e a Copa América Centenário, mas a temporada do atacante é digna da Bola de Ouro.

Além de ser fundamental no título de La Liga com números e atuações fantásticas, o uruguaio tem estatísticas impressionantes em todos os outros torneios. Suárez é um dos artilheiros da Copa del Rey, com cinco gols, e o Barcelona está na final da competição, que será disputada no próximo domingo, contra o Sevilla. O camisa 9 ainda foi o goleador do Mundial de Clubes vencido pelo Barça, com cinco bolas nas redes, e anotou oito tentos na Uefa Champions League.

(Foto: Getty Images)

O time azul-grená foi eliminado nas quartas de final da competição continental, mas foi campeão de La Liga e do Mundial, e também pode conquistar a Copa del Rey. Suárez foi fundamental em todos os torneios com atuações memoráveis e números impressionantes. O atacante marcou incríveis 59 gols em 52 jogos na temporada, e ainda disputará a Copa América Centenário com o Uruguai.

Com sua inteligência tática para se posicionar com perfeição, dar opção aos companheiros, criar espaços e jogadas, qualidade técnica e faro de gols, Suárez teve um impacto enorme no Barcelona, que não conseguiria ser campeão espanhol sem ele. Luisito foi mais fundamental do que nunca para os Blaugranas nesta temporada, conquistou um título e ainda pode levantar mais duas taças, teve números e atuações espetaculares, superou Messi e Cristiano Ronaldo e é um craque. Sem sombra de dúvidas, ele merece a Bola de Ouro ou, ao menos, estar entre os três finalistas que disputarão a honraria. Qualquer coisa abaixo disso será um enorme absurdo, mais chocante que o altíssimo nível do uruguaio em 2015/16.