Palmeiras x Corinthians: Pacaembu já foi palco de Dérbis inesquecíveis

Clássico será disputado no Paulo Machado de Carvalho por conta do show da banda Coldplay no Allianz Parque

GOAL Por Fernando H. Ahuvia 

Sem poder usar o Allianz Parque por conta do show da banda Coldplay, que acontecerá no dia 7 de abril, o clássico entre Palmeiras e Corinthians neste domingo (3), às 16h (horário de Brasília), pela 14º rodada do Campeonato Paulista, será disputado no Pacaembu.

O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, inclusive, possuí episódios que jamais serão esquecidos pelos torcedores palmeirenses e corintianos. Vários Dérbis importantes foram disputados no local a partir de 1940, quando o complexo esportivo foi inaugurado.


GOAL LEIA MAIS: GOAL
Timão é o melhor do Paulistão  | Fiel não quer Tite na Seleção | Exclusivo! Papo com G. Augusto


O Pacaembu, aliás, é o palco que mais vezes recebeu o clássico: 151 partidas, com 60 vitórias do Corinthians, 46 do Palmeiras e 45 empates. Relembre alguns dos grandes jogos entre as duas equipes no estádio.


(Foto: Divulgação)

05/05/1940 – Palestra Itália 2 x 1 Corinthians (Taça Cidade de São Paulo – Torneio de inauguração do Pacaembu)

Corinthians e Palmeiras foram convidados para o torneio de inauguração do Pacaembu, que era considerado, na época, o maior e mais moderno estádio da América Latina. Pela Taça Cidade de São Paulo, o Palestra Itália goleou o Coritiba na primeira partida por 6 a 2. Logo em seguida, o Timão derrotou o Atlético-MG por 4 a 2. O primeiro Dérbi do local, finalmente, aconteceu na semana seguinte. O Verdão venceu por 2 a 1 e foi o primeiro time a conquistar um título no novo palco do futebol paulista.

28/03/1942 – Corinthians 4 x 1 Palestra Itália (Torneio Quinela de Ouro)

O Torneio Quinela de Ouro foi a primeira conquista do Corinthians sobre o Palmeiras no Pacaembu. Além do Timão, a competição reuniu São Paulo, Palestra Itália, Flamengo e Fluminense. Todos jogaram contra todos, em turno único, e o time alvinegro foi campeão invicto. Na decisão, a equipe do técnico Rato venceu o Verdão por 4 a 1, com grande atuação de Teleco.

25/04/1948 – Palmeiras 6 x 0 Corinthians (Taça Cidade de São Paulo)

Com gols de Bóvio (2), Osvaldinho, Canhotinho, Artur e Lula, o Palmeiras aplicou a maior goleada dentre os confrontos disputados no Pacaembu. O placar só não foi mais elástico que o aplicado pelo próprio Verdão em 1933: 8 a 0 no estádio Palestra Itália.

11/04/1951 – Palmeiras 3 x 1 Corinthians (Torneio Rio-São Paulo)

Donos das melhores campanhas no turno único do Torneio Rio-São Paulo, Palmeiras e Corinthians precisaram disputar o título em uma série melhor de três. O Verdão, porém, não tomou conhecimento do rival e venceu todos os jogos. No último, no Pacaembu, Jair Rosa Pinto (2) e Aquiles marcaram os gols da equipe alviverde.


(Foto: Reprodução)

27/08/1952 – Corinthians 5 x 1 Palmeiras (Taça Cidade de São Paulo)

Disputada desde 1942 pelas três equipes mais bem colocadas do Campeonato Paulista do ano anterior, a Taça Cidade de São Paulo ficaria em definitivo com o clube que a conquistasse cinco vezes. Campeão em 1942, 1943, 1947 e 1948, o Corinthians ficou com ela em 1952 ao vencer o Palmeiras, de virada, por 5 a 1. Todos os cinco títulos do torneio aconteceram no Pacaembu.

18/01/1953 – Corinthians 6 x 4 Palmeiras (Campeonato Paulista)

Um dos melhores e mais agitados jogos da história do clássico também aconteceu no Pacaembu. Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians levou a melhor e venceu por 6 a 4. Cláudio (3), Baltazar (2) e Carbone marcaram os gols do Timão. Odair (2), Rodrigues e Liminha descontaram para o Palmeiras.

10/07/1954 – Corinthians 1 x 0 Palmeiras (Torneio Rio-São Paulo)

O Corinthians conquistou pela terceira vez o Torneio Rio-São Paulo ao vencer o Palmeiras pelo placar mínimo com gol do artilheiro Cláudio na última rodada. Esse foi o primeiro de Oswaldo Brandão como técnico do time alvinegro. Ele havia acabado de assumir o cargo no lugar de Rato.

06/02/1955 – Corinthians 1 x 1 Palmeiras (Campeonato Paulista de 1954)

O Paulistão de 1954 teve uma importância especial por ter sido o ano em que se comemorava o IV Centenário da fundação de São Paulo. Um empate já bastava para o Corinthians conquistar o título com uma rodada de antecedência e foi isso mesmo que aconteceu. Logo aos 10 minutos, Luizinho abriu o placar para o Timão. O Palmeiras empatou com Nei no início da segunda etapa. A partir daí, o goleiro Gilmar entrou em cena e, com grandes defesas, garantiu o título ao time alvinegro.


(Foto: Reprodução/J.S. Rangel)

04/08/1993 – Palmeiras 2 x 0 Corinthians (Torneio Rio-São Paulo)

Vencedores de seus respectivos grupos, Palmeiras e Corinthians fizeram a decisão. O Verdão, que dois meses antes já havia conquistado o Paulistão, assegurou o título ainda na partida de ida, com vitória por 2 a 0, gols de Edmundo. Na partida de volta, também no estádio municipal, bastou segurar um empate sem gols para soltar o grito de campeão do Torneio Rio-São Paulo pela quarta vez.

15/12/1994 – Palmeiras 3 x 1 Corinthians (Campeonato Brasileiro)

O título mais importante do Palmeiras conquistado sobre o Corinthians contou com grandes atuações de Rivaldo nas duas partidas decisivas. O atacante, que havia deixado o time alvinegro recentemente, marcou dois dos três gols da vitória do Verdão na partida de ida. Edmundo fez o outro e Marques descontou para o Timão. No segundo jogo, ele ainda anotou o tento do empate por 1 a 1 também no Pacaembu.


(Foto: Divulgação/Palmeiras)

04/12/2011 – Corinthians 0 x 0 Palmeiras (Campeonato Brasileiro)

Um empate com o arquirrival Palmeiras já bastava para o Corinthians chegar ao seu quinto título brasileiro. Foi o que o Timão fez. Em um jogo nervoso do início ao fim, nenhuma das duas equipes conseguiu balançar as redes. Com o 0 a 0 no placar, o time alvinegro conquistou o pentacampeonato da competição nacional. Festa e homenagem ao Doutor Sócrates, que acabou falecendo no mesmo dia.


(Foto: Getty Images)