thumbnail Olá,

Flu tem três para os amistosos contra Itália e Rússia. Meio-campista recebe oportunidade. Atacante tem sua primeira chance, Dedé mostra recuperação na Seleção e Neymar é realidade

Por Yuri Gonçalves

Na semana em que a Seleção Brasileira entra mais uma vez em campo, Goal.com faz uma análise do atual momento dos seis convocados de Scolari que atuam no futebol brasileiro para os jogos contra Itália e Rússia. Só para lembrar, Paulinho (Corinthians) foi chamado, mas teve que ser cortado por motivos de lesão. Já o atleta do São Paulo, Osvaldo, substituiu Lucas que também foi cortado.

DIEGO CAVALIERI, goleiro (Fluminense)

ESTATÍSTICAS 2013
Jogos 10
Gols 0
SELEÇÃO
Estreia Novembro 2012 (vs ARG)
Jogos 1
Gols 0

Um dos responsáveis diretos pela conquista do título Brasileiro do Fluminense em 2012, a convocação de Diego Cavalieri à Seleção Brasileira se deve a regularidade que apresenta desde o ano passado até aqui. Em 2013, fez atuações seguras pelo Flu, levou o time à liderança do Grupo 8 da Libertadores, mas não evitou a eliminação da semifinal da Taça Guanabara. Diego Cavalieri é um dos postulantes para ficar com uma das vagas no gol da Seleção, mas sofre a concorrência dos mais rodados com a camisa amarela como Júlio César, Diego e Jefferson.


DEDÉ, zagueiro (Vasco)

ESTATÍSTICAS 2013
Jogos 10
Gols 3
SELEÇÃO
Estreia Setembro 2011 (vs ARG)
Jogos 6
Gols 0

Após um 2012 marcado por lesões, Dedé mostra este ano que está recuperado e que não perdeu o talento. Considerado por muitos o melhor da posição dentro do futebol brasileiro, o zagueiro é o principal jogador do atual elenco vascaíno. Sua grande atuação em 2013 foi contra o Fluminense na semifinal da Taça Guanabara, em que marcou o gol da classificação para a decisão diante do Botafogo. Pela primeira vez, o "Mito" foi convocado por Luiz Felipe Scolari.

 

FERNANDO, meio-campo (Grêmio)

ESTATÍSTICAS 2013
Jogos 9
Gols 1
SELEÇÃO
Estreia Outubro 2012 (vs IRAQUE)
Jogos 6
Gols 0

O volante é considerado uma revelação do futebol brasileiro. O atleta do Grêmio se destacou na equipe no ano passado e começou 2013 com a mesma consistência do ano anterior. É peça fundamental no Tricolor Gaúcho até o momento na Libertadores. O desarme e a boa saída de jogo foram fatores que fizeram com que Felipão o chamasse para os amistosos diante da Itália e Rússia. O corte de Paulinho e o desfalque de Ramires contra os italianos pode ser a grande chance do jogador se firmar no elenco da Seleção para a Copa das Confederações.

 

JEAN, meio-campo (Fluminense)

ESTATÍSTICAS 2013
Jogos 11
Gols 2
SELEÇÃO
Estreia Novembro 2012 (vs ARG)
Jogos 2
Gols 0

As boas atuações que o colocaram na seleção do Brasileirão de 2012 fizeram com que Jean fosse mais uma opção para compor o meio-campo ou então na lateral-direita da Seleção. Em 2013, mantem a regularidade, participou de todos os jogos considerados importantes para o Fluminense, principalmente na Libertadores e mostra que está com um bom preparo físico para suportar a maratona de partidas. Convocado no lugar de Hernanes no amistoso contra a Inglaterra, Jean recebeu uma nova chance com Felipão.

 

NEYMAR, atacante (Santos)

ESTATÍSTICAS 2013
Jogos 10
Gols 8
SELEÇÃO
Estreia Agosto 2010 (vs EUA)
Jogos 35
Gols 21

Apenas no primeiro trimestre de 2013, Neymar foi e continua sendo um nome bastante citado quando se fala em futebol. Neste ano pelo Santos, o craque oscilou bons com discretos jogos no Paulistão. Apesar da média de 0,8 gol por partida no alvinegro praiano, ele foi criticado por simulações de faltas e pela expulsão diante da Ponte Preta no estadual. Até Pelé, fã do seu futebol, o alfinetou por se preocupar em cavar faltas e vaidade do que mostrar futebol dentro de campo.

Com Felipão, a convocação para os jogos contra Itália e Rússia é a sua segunda em dois jogos do gaúcho no comando. No amistoso contra a Inglaterra no mês de fevereiro em Londres, Neymar teve uma atuação bem discreta o que fez ser levantada mais ainda a questão do atacante obter experiência na Europa.

 

OSVALDO, atacante (São Paulo)

ESTATÍSTICAS 2013
Jogos 13
Gols 5
SELEÇÃO
Estreia -
Jogos -
Gols -

A convocação foi de última hora. "Aos 45 minutos do segundo tempo", Osvaldo foi chamado ao lugar de Lucas, lesionado, para integrar pela primeira vez na carreira o grupo da Seleção Brasileira. O belo futebol mostrado no fim da última temporada aliado ao grande desempenho no começo de 2013, fazem com que jogador seja considerado um dos principais atletas do São Paulo. Decisivo, veloz e insinuante, já marcou cinco gols e deu cinco assistências. Com Felipão, o atacante quer aproveitar a chance para se firmar com a camisa brasileira.

 

FRED, atacante (Fluminense)

ESTATÍSTICAS 2013
Jogos 10
Gols 5
SELEÇÃO
Estreia Abril 2005 (vs GUATEMALA)
Jogos 21
Gols 8

Após um brilhante 2012, artilheiro e responsável pela conquista do título brasileiro do Fluminense, este ano o ritmo de gols de Fred caiu um pouco, natural para quem inicia uma temporada. Nos últimos cinco jogos, marcou apenas uma vez, porém com a camisa da Seleção ele está correspondendo. Autor do primeiro gol da volta de Felipão à Seleção na derrota para a Inglaterra em fevereiro, Fred ganhou crédito com o técnico e foi convocado para os amistosos diante de Itália e Rússia, chance de ouro para selar a sua convocação à Copa das Confederações.

Relacionados