thumbnail Olá,

Goal.com elege as cinco melhores contratações do futebol nacional até o momento

POR FERNANDO H. AHUVIA

Às vésperas do início dos principais campeonatos estaduais do país, os clubes brasileiros já estão com suas equipes praticamente montadas para o início da temporada 2013. Goal.com elegeu as cinco melhores contratações do futebol nacional até o momento. Deixe sua opinião, avalie ou comente também!

5º LUGAR | Eduardo Vargas, Grêmio

Ficha técnica
Nascimento 20/11/1989 Santiago (Chile)
Altura 1,75m
Posição Atacante
Detalhes
Tempo de contrato 1 ano (empréstimo)
Valor da negociação Cerca de R$ 3,2 milhões
Último clube Napoli-ITA

Contratado pelo Grêmio após uma longa novela, cheia de idas e vindas, Eduardo Vargas é uma das apostas do time comandado por Vanderlei Luxemburgo para fazer a dupla de ataque ao lado do centroavante Marcelo Moreno na Copa Libertadores da América.

Um dos melhores jogadores da América do Sul em 2011, quando brilhou na campanha do título da Copa Sul-Americana pela Universidad de Chile, Vargas chegou ao Napoli há um ano. O chileno, porém, acabou não conseguindo se firmar no futebol italiano.

Segundo o Grêmio, Vargas será emprestado por um ano, com possibilidade dos italianos pedirem o retorno do atleta depois de seis meses. Se o Tricolor chegar à decisão da Libertadores, o chileno permanece no clube gaúcho até o fim da competição que acontece só no segundo semestre.

4º LUGAR | Renato Augusto, Corinthians

Ficha técnica
Nascimento 08/02/1988 - Rio de Janeiro
Altura 1,86m
Posição Meia
Detalhes
Tempo de contrato 4 anos
Valor da negociação Cerca de R$ 9,4 milhões
Último clube Bayer Leverkusen-ALE

Vindo do Bayer Leverkusen, o meia-armador destro Renato Augusto chega ao Corinthians para disputar posição com os canhotos Danilo e Douglas. Para contar com o jogador até o fim de 2016, o Timão vai desembolsar € 3,5 milhões (aproximadamente R$ 9,4 milhões).

Revelado nas categorias de base do Flamengo, Renato Augusto conquistou pelo clube carioca a Copa do Brasil de 2006 e os Estaduais dos dois anos seguintes. Em julho de 2008, ele se transferiu para o Bayer Leverkusen. Nas quatro temporadas e meia em que defendeu o time alemão, o atleta convenceu os torcedores com seu estilo de jogo agressivo e suas habilidades técnicas, porém as seguidas lesões o atrapalharam.

Rápido, habilidoso e inteligente, Renato Augusto espera não sofrer mais lesões para poder mostrar em campo que o Corinthians acertou ao contratá-lo.

3º LUGAR | Lúcio, São Paulo

Ficha técnica
Nascimento 08/05/1978 Planaltina-DF
Altura 1,88m
Posição Zagueiro
Detalhes
Tempo de contrato 2 anos
Valor da negociação Sem custo
Último clube Juventus-ITA

Depois de 12 anos atuando no futebol europeu, Lúcio, de 34 anos, chega ao São Paulo com status de um novo líder do elenco e um xerife da defesa. O zagueiro, que estava no Juventus-ITA, assinou contrato com o Tricolor pelas próximas duas temporadas.

Revelado nas categorias de base do Planaltina-DF, Lúcio ganhou destaque no futebol nacional com a camisa do Internacional. Em 2001, o defensor se transferiu para o Bayer Leverkusen, onde permaneceu por três temporadas. Na sequência, foi para o Bayern de Munique e lá conquistou nada menos que oito títulos. Após oito anos na Alemanha, foi vendido à Internazionale de Milão, em 2009. Lá, Lúcio virou ídolo da torcida, conquistando mais seis competições. No meio de 2012, seguiu para o Juventus. Seis meses depois, porém, ele rescindiu o contrato com o clube italiano e chegou a um acordo com o São Paulo.

Titular absoluto na campanha do pentacampeonato mundial em 2002 e campeão da Copa das Confederações em 2005 e em 2009, quando ergueu a sua única taça como capitão da Seleção Brasileira, Lúcio espera ajudar o São Paulo a conquistar o tetra da Libertadores e pensa que ainda pode voltar a vestir a camisa canarinho.

2º LUGAR | Alex, Coritiba

Ficha técnica
Nascimento 04/09/1977 - Curitiba
Altura 1,75m
Posição Meia
Detalhes
Tempo de contrato 2 anos
Valor da negociação Sem custo
Último clube Fenerbahçe-TUR

Considerada a maior contratação da história do Coritiba, o meia Alex está de volta ao clube que o revelou para o futebol, em 1995. O camisa 20, que foi disputado por diversos times do futebol brasileiro, assinou contrato de dois anos com a equipe paranaense.

Depois de deixar o Coritiba, em 1997, Alex passou por Palmeiras, Flamengo, Cruzeiro, Parma e Fenerbahçe. Ao longo da sua carreira, o jogador conquistou uma série de títulos. Com o time paulista foi uma Libertadores, uma Copa do Brasil, uma Copa Mercosul e um Torneio Rio-São Paulo. Na Raposa, ele conquistou a tríplice coroa, em 2003: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Estadual. Já pelo time turco, foram três campeonatos nacionais, duas Supercopas do país e uma Copa da Turquia. Pela Seleção Brasileira, Alex foi campeão do Pré-Olímpico e da Copa América duas vezes.

Alex foi apresentado com uma grande festa em outubro do ano passado, no Couto Pereira, diante de mais de 10 mil torcedores. Aos 35 anos, o “Menino de Ouro” sonha em conquistar seu primeiro título com a camisa Coxa-Branca.

1º LUGAR | Alexandre Pato, Corinthians

Ficha técnica
Nascimento 02/09/1989 - Pato Branco
Altura 1,79m
Posição Atacante
Detalhes
Tempo de contrato 4 anos
Valor da negociação Cerca de R$ 40 milhões
Último clube Milan-ITA

Ao contrário da maioria dos grandes craques que deixam o futebol nacional cedo em busca de sucesso na Europa e só retornam ao país de origem no fim da carreira, o atacante Alexandre Pato, principal reforço do Corinthians para a temporada, volta ainda jovem ao Brasil para reconquistar o prestígio e finalmente se firmar com a camisa da Seleção Brasileira. O novo camisa 7 custou € 15 milhões (cerca de R$ 40 milhões) ao Timão, que ficará com 60% de seus direitos, enquanto o próprio atleta fica com 40%.

Revelado pelo Internacional em 2006, Pato rapidamente chamou a atenção de todos graças às suas boas atuações e ao título do Mundial de Clubes, contra o Barcelona-ESP. Negociado com o Milan em agosto de 2007 por aproximadamente R$ 58 milhões, o atacante rapidamente tornou-se ídolo do clube italiano e conquistou títulos importantes. Nos últimos anos, contudo, o jogador sofreu diversas lesões e não conseguiu mais manter a regularidade.

Pato garante estar 100% fisicamente para jogar no atual campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes. A princípio, ele chega para disputar posição com Paolo Guerrero, mas também pode atuar pelas pontas.

Relacionados