Alfredo Di Stéfano é enterrado em Madrid

O eterno ídolo do Real Madrid faleceu na última segunda e foi homenageado pelo clube merengue

O sepultamento de Alfredo Si Stéfano aconteceu nesta quarta-feira, no Cemitério de La Almudena, em Madrid. Um dos maiores jogadores de todos os tempos morreu na última segunda, aos 88 anos, após sofrer um ataque cardíaco.

Durante 11 anos, o argentino atuou no Real Madrid e ajudou o clube a conquistar cinco títulos seguidos da European Cup (antiga Champions League), entre os anos de 1956 e 1960. O corpo de Di Stéfano foi velado no Santiago Bernabéu.

“Após o longo adeus a Alfredo Di Stéfano no velório público no Santiago Bernabeu, os torcedores disseram seu último adeus. Aplaudiram quando o caixão deixou o local. O caixão foi então levado para o Cemitério de La Almudena, em Madrid, para o funeral, onde Florentino Perez (presidente do clube) e os dirigentes acompanharam a família do maior jogador da história”, disse o clube em comunicado oficial.

Duas vezes eleito o melhor jogador de futebol do ano na Europa, Di Stéfano marcou mais de 300 vezes em quase 400 jogos oficiais pelo Real. Torcedores, ex-jogadores e dirigentes do clube prestarem as últimas homenagens ao argentino.