Nasri pede desculpas pelos erros do passado

Jogador retorna à seleção francesa após se envolver em confusão com jornalistas durante a Euro 2012
O meia do Manchester City, Samir Nasri, se desculpou pelos erros cometidos no passado enquanto defendia a seleção francesa. Ainda assim o atleta se defendeu, pedindo um pouco mais de compreensão, pois segundo ele, não havia “matado ninguém”. O jogador foi afastado da seleção quando se envolveu em uma discussão com jornalistas durante a Euro-2012 e foi punido com 3 jogos de suspensão. Agora que está recuperando seu espaço, o atleta voltou a se desculpar, durante a coletiva de imprensa, que antecede o amistoso diante da Bélgica.

“Quero começar me desculpando mais uma vez. Não mostrei atitude profissional na Euro 2012. Sei que deveria ter reagido de forma diferente e sei que é hora de mostrar que isso não se repetirá.”, destacou o atleta, que havia sido convocado para o amistoso contra o Brasil, mas foi cortado devido a uma lesão no joelho.

Apesar de lembrar o incidente, Nasri afirmou que está focado no seu futuro e pretende trabalhar para recuperar o tempo perdido. Para ele ficar fora durante todo este período foi um duro golpe.

"Estou focado no presente e olhando para o futuro. Eu não matei ninguém. Coisas piores aconteceram em 2010 e me foi dada uma segunda oportunidade. Eu não havia sido chamado por um ano e temia que pudesse não ter uma outra chance. Você nem sempre percebe que é uma grande oportunidade quando é convocado para a seleção. Vi todos os jogos da França e doeu ver que eu não estava lá. ", lamentou.

O amistoso entre França e Bélgica está marcado para a amanhã.