São José vence o Arsenal e é campeão mundial de futebol feminino

Equipe brasileira conquista título inédito no Japão com gols de Rosana e Giovânia

A Águia voou alto nessa manhã de sábado (6), para o topo do mundo. O São José, conhecido como a Águia do Vale, conquistou pela primeira vez o título mais importante que um clube pode sonhar: o Mundial de Clubes. Atual campeã da Libertadores (pela terceira vez em sua história), a equipe feminina do São José foi até o Japão buscar o Mundial, conquistado ao derrotar na final o poderoso Arsenal da Inglaterra.

A vitória por 2 a 0 foi a coração de um trabalho de anos na equipe joseense. Jogando no Estádio Nishigaoka, em Tóquio, o São José saiu na frente logo no início da partida, quando Rosana abriu o placar aos quatro minutos de partida. O Arsenal, atual campeão da versão feminina da Champions League, acabou sofrendo o golpe fatal aos 26 do segundo tempo, em pênalti convertido por Giovânia.  

Como a equipe brasileira derrotou na semifinal o Urawa Reds, do Japão, por 1 a 0 (gol de Debinha), se sagrou campeã sem sofrer gols. 

Essa foi a terceira edição do Mundial Interclubes feminino. O torneio ainda não é reconhecido pela Fifa, assim como acontecia com a Toyota Cup, antigo mundial masculino. Todas as três edições foram disputadas no Japão. A primeira do International Women's Club Championship foi vencida pelo Lyon da França. No ano passado o título ficou com as japonesas do INAC Kobe. E finalmente o título veio para o Brasil, logo na primeira edição com participantes brasileiras.