thumbnail Olá,

Brasileiro, que está na Ucrânia desde 2005, virou tema de um filme sobre a sua carreira no Shakhtar Donetsk

A moral de Fernandinho no Shakhtar é mesmo muito alta. O brasileiro, contratado junto ao Atlético-PR em 2005, tornou-se rapidamente um dos jogadores mais importantes do time, conquistando cinco campeonatos ucranianos, três Copas das Ucrânia, duas Supercopas da Ucrânia e uma Copa da UEFA. Agora, Fernandinho ganhou um documentário de 30 minutos sobre a sua carreira, chamando "Ferna7".

O documentário estreou no último domingo, em Donetsk.

"Estou muito feliz pelo clube ter decidido fazer o filme. Esse é um grande momento na minha vida e esse filme deve ter apelo a todos. Eu quero agradecer a todos que participaram do filme. Separamente, gostaria de agradecer a minha família, que sempre me apoiou dentro e fora de campo," declarou no dia da estreia.

Após a exibição, Fernandinho comentou a emoção de rever os grandes momentos da sua carreira na tela.

"Para ser honesto, a emoção foi muito grande porque eu revivi tudo que aconteceu na tela. Todos os aspectos da minha vida e carreira estavam perfeitamente refletidos no filme. A única coisa que eu quero é fazer um segundo filme, que mostraria o que ainda está por vir," disse, rindo. "Eu passei a maior parte da minha carreira no Shakhtar e entendo que nós não podemos parar. É necessário continuar com o mesmo espírito."

O filme deve ser dublado em português para ser lançado para o público que não fala ucraniano. O documentário ficará em exibição no museu do clube, que fica na Donbass Arena, até o dia 7 de abril, e posteriormente será lançado em DVD.

Fernandinho foi apontado como um dos grandes destaques do Shakhtar na Champions League deste ano. A equipe acabou eliminada pelo Borussia Dortmund nas oitavas-de-final, mas teve uma campanha sensacional na primeira fase, quando foi considerado uma das sensações da competição.

Relacionados