thumbnail Olá,

O clube paulista teve seu pior público no ano enquanto sócios do Cruzeiro não conseguiram ingressos para o clássico com o Atlético-MG

A Outplan, empresa responsável pela venda de ingressos do Palmeiras e do Cruzeiro, admitiu falhas que fizeram o alviverde paulista ter um público de apenas 5.314 pessoas no Pacaembu, na vitória sobre o São Bernardo, além de não permitir o acesso dos sócios-torcedores do Cruzeiro ao ingresso para o clássico com o Atlético-MG.

De acordo com a empresa, para as vendas do Palmeiras houve uma série de fatores que fizeram o sistema atuar fora da normalidade, gerando lentidão em todos os pontos de venda em todo o Brasil. No caso dos cruzeirenses, os ingressos destinados aos sócios da categoria Cruzeiro Sempre não foram reservados no sistema e acabaram sendo vendidos pela internet. Dirigentes de ambos os clubes se manifestaram.

"A Outplan é uma empresa séria, renomada e competente, tanto é que trabalha com o Palmeiras. Porém, nosso torcedor não pode passar por transtornos na hora de comprar o seu ingresso", disse Paulo Nobre, presidente do Palmeiras. "Tenho certeza que foi um problema pontual e que a Outplan vai fazer tudo o que for possível para que o fato da última quinta-feira não volte a acontecer", complementou.

Já o diretor de marketing do clube mineiro, Marcone Barbosa, informou aos sócios-torcedores a impossibilidade de corrigir o erro para o clássico deste domingo. "O Cruzeiro não vai conseguir honrar com a promessa de entrega do ingresso ou do benefício de meia-entrada para os torcedores que ligamos durante toda a semana. Vamos ter que fazer novo contato com esse sócio e fazer outro tipo de compensação a eles", declarou.

Relacionados