Presidente dá voto de confiança a Ancelotti: "Independente do que acontecer ele permanece no Real Madrid"

Florentino Pérez deixou claro que o clube merengue não trocará o comando técnico se perder contra o Barcelona no dia 22 de março
O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, garantiu, em entrevista coletiva no Santiago Bernabéu, que Carlo Ancelotti não corre risco de perder o emprego como treinador do clube merengue.

Uma série de rumores recentes sugeriram que se Los Blancos perdessem El Clásico para o Barcelona, que roubou a liderança da La Liga, o italiano seria demitido. O jogo acontece na 28ª rodada, no dia 22 de março, no Camp Nou.

No entanto, Pérez deixou claro que Ancelotti, que liderou o clube da capital a  décima Champions League na última temporada, ainda tem seu total apoio.

"Eu vim aqui para falar com vocês, porque há um clima de grande pressão", disse o presidente do Real Madrid. "A grandeza deste clube é a alta demanda que nós colocamos em nós mesmos e eu não vou ter o nosso nome manchado quando não estamos passando por nosso melhor momento", afirmou ele.

"Os ataques que visam o nosso treinador e os nossos jogadores são totalmente injustos. O clube tem total confiança no nosso treinador e nos nossos jogadores. Aconteça o que acontecer, Carlo Ancelotti vai continuar sendo o treinador do Real Madrid", garantiu o mandatário.

"Nós temos o melhor treinador e os melhores jogadores que o Real Madrid poderia ter. Eles ganharam o respeito do mundo do futebol e, acima de tudo, os Madridistas. Juntos, eles ganharam os títulos que o Real Madrid têm estado à espera por muitos anos para ganhar. Eles ganharam esses títulos jogando um futebol maravilhoso que continuou assim até dois meses atrás", analisou ele.

"O Real Madrid nunca tinha ganhado quatro títulos em um ano, de modo que este treinador e estes jogadores fazem parte da história do clube. Tudo isso foi conseguido por eles. Precisamos estar juntos e ficar sereno diante dos desafios que se encontram à frente. Vamos continuar a lutar pela 11ª Champions League, e ao longo do caminho, estamos felizes em receber críticas, desde que elas sejam respeitosas e construtivas", concluiu Pérez.