thumbnail Olá,

Goleiro blanco retomou a titularidade no Real Madrid na vitória sobre o Celta, pela Copa do Rei

Preterido por José Mourinho nos compromissos recentes do Real Madrid, Iker Casillas viu seu status de reserva se desfazer rapidamente, voltando a iniciar uma partida na vitória sobre o Celta, na última quarta-feira. Durante sua presença em um evento promocional, o goleiro dos Blancos falou sobre a escolha de José Mourinho, que preferiu o até então reserva Antonio Adán frente ao capitão da seleção espanhola.

Apesar dos boatos de que a relação entre comandante e comandado estariam se deteriorando, Casillas manteve o tom profissional na explicação.

"Não tenho problema nenhum. Tenho que pensar em treinar cada vez mais, e melhor, e mostrar que mereço estar na equipe titular. Preciso demonstrar a Mourinho que ele estava errado", disse.

"Mourinho e eu não falamos sobre nada, e não me deu explicações [sobre ter sido colocado na reserva]. Tenho um companheiro de equipe e um amigo, que é o Antonio [Adán], não acho que o professor precise me dar satisfações."

"É uma decisão dele, e tenho que acatá-la. O clube está acima de tudo."

Com a vitória no Bernabéu na quarta, o Real Madrid vê suas chances crescerem na Copa do Rei, ainda que o mesmo não possa ser dito da Liga Espanhola, onde o Barcelona lidera com relativa folga sobre os rivais de Madrid.

Na visão do arqueiro, a equipe não está decepcionando na atual temporada e, mais do que isso, ainda deve lutar até o fim pelo bicampeonato nacional, por mais distante que essa realidade pareça no momento.

"Em linhas gerais, acredito que a temporada não esteja sendo tão ruim como se tem falado. Está em um nível aceitável, não adianta pensar apenas no nível mais alto. Falaram muito de mim nas últimas semanas, e não gosto disso. Ficar ocupando lugar na mídia não me interessa", prosseguiu.

"Na temporada passada, conseguimos vencer a Liga com muito esforço. Queríamos o bi, mas tivemos atuações não tão boas nos últimos tempos."

"Temos que seguir brigando pela Liga. Há cinco anos era muito difícil, mas conseguimos vencer a última. Sabems que é quase impossível? Sim, mas precisamos lutar", concluiu Casillas.

Terceiro colocado no Espanhol, o Real encara o Osasuna no sábado, em Pamplona.

Relacionados