thumbnail Olá,

Ronaldinho Gaúcho explica lance curioso que originou o primeiro gol do Atlético-MG na vitória da última quarta (13) sobre o São Paulo, pela Copa Libertadores.

O primeiro gol do Atlético Mineiro na vitória por 2-1 sobre o São Paulo, na última quarta-feira, diante de 20.000 alvinegros na Arena Independência, teve origem no que alguns chamaram de “malandragem” de Ronaldinho Gaúcho, um dos grandes nomes da partida.

Junior César recebia atendimento em campo, depois de ter ferido a boca numa jogada. Partida paralisada. Gaúcho caminhou até a área do São Paulo e pediu água para o goleiro Rogério Ceni. De repente, quando o árbitro autorizou o reinício da partida, Marcos Rocha cobrou o lateral para o craque que, dentro da área adversária, cruzou para Jô abrir o marcador.

“Foi sorte. Fui limpar a boca. O juiz deu prosseguimento na jogada e, quando eu vi, a bola já estava comigo. Não foi nada ensaiado”, explicou R10

O técnico Nei Franco reclamou algumas vezes durante sua entrevista coletiva, apontando como ilegal a jogada. Mas o goleiro Rogério Ceni enxergou tudo de outra maneira.

“Foi um erro nosso na marcação depois do lateral. Ele saiu rápido e estava livre na área. A posição era regular e faltou atenção nossa. Quem o acompanha tinha de estar junto no lance”, disse ele.

Relacionados