Palermo repete façanha e perde três pênaltis

Atacante do Boca perdeu três pênaltis na Copa América de 1999

Dez anos depois de ter perdido três pênaltis em um mesmo jogo pela seleção argentina, o atacante Palermo, do Boca Juniors, conseguiu repetir os erros. Desta vez o atacante falhou durante um treinamento do Boca.

O goleiro Garcia evitou o gol em duas oportunidades. Na terceira tentativa, Palermo mandou a bola para fora. Para não acabar com o dia definitivamente, os titulares venceram a atividade por 1 a 0. Gaitán impediu que o maior artilheiro da história do Boca Juniors tivesse um dia negro.

A carreira de Palermo ficou marcada pelos três pênaltis perdidos na Copa América de 1999 contra a Colômbia. Na primeira oportunidade, o argentino chutou a bola no travessão. Em seguida mandou para fora do gol. Palermo não abaixou a cabeça e teve uma terceira oportunidade. No entanto, no caminho entre a marca de pênalti e o gol, havia um goleiro chamado Callero, que defendeu. A Argentina perdeu o jogo, válido pela primeira fase da Copa América, por 3 a 0.

Assim como seu principal atacante, o Boca Juniors vive péssima fase. No Campeonato Argentino, o tradicional clube ocupa apenas a 13ª posição na tabela de classificação e pode ficar de fora da Libertadores de 2010.