Mourinho pede punição a David Luiz e liberação de Ibrahimovic para jogo das quartas da Champions League

O técnico dos Blues alerta para cotovelada do brasileiro e afirma que o jogador errado foi punido na vitória do PSG nesta quarta-feira no Stamford Bridge

O técnico do Chelsea, José Mourinho, pediu que o zagueiro do Paris Saint-Germain, David Luiz, seja suspenso para as quartas de final da Champions League, caso fique comprovado que ele deu uma cotovelada em Diego Costa na vitória do PSG sobre os Blues.

O zagueiro ex-Chelsea travou uma batalha com o atacante rival no segundo tempo. O brasileiro foi nomeado Homem do Jogo da Uefa por sua atuação decisiva, mas Mourinho acredita que David Luiz deve ser suspenso, enquanto Zlatan Ibrahimovic, expulso no primeiro tempo após entrada em Oscar, deveria ser absolvido da suspensão.

"A cotovelada de David [Luiz] eu não vi, mas quando a Uefa lhe  dá o homem do jogo eu tenho que acreditar que não há cotovelada", disse Mourinho a repórteres. "Ele jogou muito, muito bem, mas eu não posso acreditar que a Uefa dá o prêmio para alguém que cometeu uma agressão", afirmou ele.

"Então, talvez porque eles não podem nos dar o pênalti agora, eles podem fazer o que é justo do ponto de vista disciplinar e suspender David, além de deixar Ibra jogar as quartas-de-final, porque ele merece", continuou o treinador.

Diego Costa também esteve no centro outra discussão. Os jogadores do Chelsea, principalmente o espanhol, naturalizado brasileiro, foi derrubado por Edinson Cavani dentro da área, mas o juíz não marcou pênalti.

"Foi pênalti claro em Diego Costa e mais uma vez eu acho que é um desperdício de tempo e dinheiro ter os auxiliares atrás do gol, porque normalmente eles não fazem nada", acrescentou le. "Se ele está lá só para ver se a bola cruza a linha, a tecnologia na linha do gol seria, obviamente, muito melhor", analisou o português.

"Se ele não pode ver uma penalidade de 10 metros na frente dele, é um desperdício de tempo e dinheiro. O auxiliar não faz absolutamente nada", concluiu ele.