Mancini diz que Tevez se recusou a entrar em campo contra o Bayern

Mancini revela incidente na derrota de 2 a 0 para os alemães, o que pode significar o fim do ciclo do argentino nos Citizens
Ao término da partida entre Bayern e Manchester City, em Munique, o treinador Roberto Mancini revelou o que pode ser o início de uma crise no vestiário. Falando ao SkySports, o italiano contou que Carlos Tevez se recusou a entrar em campo quando chamado, o que provocou sua ira.

"Substituí Dzeko por De Jong para não levar o terceiro gol, tentar acalmar as coisas, e então pretendia colocar Tevez. E então ele se recusou a entrar em campo. Para mim isso é péssimo, um jogador não querer jogar e ajudar sua equipe. Não posso aceitar isso. Dá pra imaginar um jogador do Bayern, do Milan ou do United fazendo isso?", ponderou o comandante.

Mancini ainda avaliou o desempenho geral do City, que achou muito abaixo do esperado, mas saiu em defesa do atacante Edin Dzeko. Voltando ao tópico Tevez, o treinador sugeriu que seria o fim do ciclo do argentino em Manchester.

"É a última vez que um jogador meu faz isso. Ele acabou para mim. Se dependesse de mim, ele estaria fora dos planos do clube", concluiu.