Tite confirma saída de Sheik, conversa com Guerrero e barra Love por duas semanas

Treinador disse que o camisa 11 terá um jogo de despedida na Arena Corinthians e pediu comprometimento ao peruano

A entrevista coletiva de Tite, nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, foi cheia de explicações e revelações importantes com relação ao futuro do Corinthians. O treinador confirmou que Emerson Sheik não terá o seu contrato renovado. Herói da Copa Libertadores de 2012, o camisa 11 terá um confronto de despedida na Arena do Timão.

Tite também falou que teve um papo com o peruano Paolo Guerrero pedindo para que ele se mantenha comprometido enquanto estiver no Corinthians e revelou que Vagner Love ficará fora por duas semanas para melhorar o seu condicionamento físico.

Confira os principais tópicos da coletiva de Tite:

Vagner Love

"Falamos eu, Vagner Love, direção e Fábio. Love não teve pré-temporada, está abaixo dos demais. Nos próximos 15 dias, ele estará trabalhando para ter uma condição melhor"

"Quando a gente fala em planejamento, presume uma resposta que pode ser boa e volte antes, mas seriam os 15 dias dele fora, contra Fluminense, sim. Vamos aguardar, mas o planejamento é para os 15 dias, aí daria a volta contra o Grêmio. Mas é algo que pode mudar com a resposta dele"

"Eu não tenho exatamente a data (que poderia ter iniciado esses treinos anteriormente), a situação, a necessidade do momento de buscarmos, a necessidade dos jogos, agora vamos ter o Guerrero por dois jogos, depois ele vai para a Copa América e quero ter Vagner Love em sua plenitude"

Emerson Sheik

"Aspecto financeiro foge do treinador, é buscar opções, remontagem de equipe, reestruturações. Emerson e Guerrero estão terminando contrato, eu reuni com Guerrero e disse: 'Não sei se você ficará ou não, mas precisamos de você comprometido com a gente, com a equipe e com o grupo'. Assim como o Emerson, enquanto tiver com a gente"

"Me parece que a inscrição no Brasileirão é inserida com o contrato, já é feita. Emerson, sim. A utilização até o último dia, com a ressalva de ele não iniciar os jogos, mas colocar durante os jogos? Sim, eu não tenho dúvida de fazer. No último jogo dele? Sim, de colocar ele desde o início, se for importante para ele e para o Corinthians, eu guardo essa carta na manga"

"Emerson tem uma grande história no clube, o torcedor saberá responder isso (sobre a percepção que fica) no último jogo"

"Sim, isso é grandeza (sobre o acordo para não estourar os sete jogos), encaramos ela de frente. Ele (Emerson) fará o último jogo diante do torcedor, dá para ser claro. Equipe campeã que chega na frente e é campeã é aquela que se estrutura e fortalece dentro do campeonato"

Guerrero

"Coloquei ao Guerrero na frente dos demais atletas, é a minha verdade, coloquei a do Emerson, coloquei a do Edilson e a do Fagner, mas como é bom ter dois nesse nível, o bom momento do Bruno Henrique... O que eu falo aqui eu falo aos atletas, com palavrões, como ex-boleiro o papo é diferente lá, não é formal como aqui, não (risos)"

Cassini

"Eu falei com várias pessoas, inclusive com o Cassini. Está fora da minha alçada. Sinceramente, é injusto comparar com Marquinhos, ele jogou contra o Palmeiras de volante, só por comparação. Emerson será falado pelo presidente, foi falado diretamente com o atleta, de forma respeitosa, como ele merece"

"Falei com Paulinho e o Castán... (sobre conselho a Cassini). Dentro de todas as opções, te guia, pega o coração e a cabeça, não te guia por dinheiro. Toda vez que se decide por dinheiro, é o inverso, isso é sempre o inverso ao aspecto profissional"

"O grande momento dos atletas (jovens) é o Paulista, não estou sendo oportunista, sempre falei isso no início. A exigência técnica e emocional no Brasileiro são fortes. Isso quer dizer que eu não posso colocar os meninos? Não, não é isso. Mas é diferente colocar no Estadual e no Brasileiro"

Edu Dracena na vaga de Felipe

“É preciso atenção ao nosso trabalho desde o início da semana. Eu defino a escalação amanhã. Em relação a Dracena e Felipe, chamei os dois na sala. Não busco quem é melhor ou pior. Felipe caiu um pouco, machucou, Edu manteve alto desempenho técnico. É o momento do Edu dar continuidade”