Após ser substituído no primeiro tempo, Valdivia deixa o Pacaembu com tontura

Mago saiu aos 19 minutos de jogo com dores na perna direita e com tontura ainda por conta de um choque no treino da última quinta

O meia Valdivia participou de apenas 20 minutos do clássico entre Palmeiras e São Paulo neste domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Queixando-se de tontura, o jogador foi substituído por Felipe Menezes. Minutos antes, porém, o jogador colocou a mão na coxa após dividida com Kaká. Otávio Vilhena, médico do Verdão, explicou o caso no intervalo.

“O Valdivia confirma que o motivo de ter saído do jogo foi a tontura. Na quarta-feira, num treino, ele teve um choque na face, pegou nariz, olho, ficou mais roxo que o normal. Depois do jogo vou com ele a um hospital para fazer os exames necessários e saber se, de fato, houve alguma coisa. Ele disse que está com dores musculares, mas nada específico que tenha motivado sua saída. Vou seguir com a avaliação e vamos esperar”, declarou.

O Mago, contudo, acabou deixando o estádio ainda enquanto a bola estava rolando. De acordo com a assessoria do camisa 10, o meia sentiu uma dor de cabeça muito forte e tontura. Ele ainda confirmou um incômodo na coxa, mas disse acreditar que não é nada grave.