Torcedor do Fluminense consegue liminar que obriga CBF a cumprir decisão do STJD

Tribunal do Rio de Janeiro expediu uma liminar socilitada por um advogado tricolor
Mais uma liminar na Justiça comum alterou os rumos do Campeonato Brasileiro de 2014. Depois de duas liminares de torcedores de Flamengo e Portuguesa devolveram aos clubes os quatro pontos retirados pelo STJD, foi a vez de um torcedor do Fluminense conseguir uma decisão que obriga a CBF a cumprir a punição da Justiça Desportiva, salvando o clube carioca do rebaixamento.

Quem abriu o processo contra a CBF foi o advogado Alexandre Corrêa Geofrroy, cuja foto do perfil em uma rede social aparece vestindo uma camisa do Tricolor carioca. A liminar foi concedida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na tarde desta quarta-feira. A CBF ainda não foi notificada.

“A liminar saiu e a CBF ainda vai ser intimada. A Justiça tomou a decisão correta. O STJD é um orgão que auxilia o futebol e tem competência de julgar as causas desportivas. Nada mais justo do que fazê-las serem cumpridas”, disse Geofrroy ao Lance.

Desde última sexta-feira, o Fluminense estava na Segundona do Brasileirão, enquanto a Lusa dormia na Série A, graças a uma liminar da 42ª Vara Cível da Justiça de São Paulo, suspendendo a punição do STJD com base do Estatuto do Torcedor.