Hummels diz que Alemanha "tirou o pé" no segundo tempo contra o Brasil

Segundo o zagueiro, os jogadores se uniram no intervalo para não humilhar a Seleção Brasileira

De acordo com um dos jogadores da Alemanha, a derrota do Brasil na última terça-feira poderia ser ainda mais humilhante. O zagueiro Mats Hummels, do Borussia Dortmund, que é titular na equipe de Joachim Löw, afirmou que os jogadores fizeram um pacto no vestiário, para manter o respeito pelos donos da casa.

O jogo foi para o intervalo com 5 a 0 no placar, após uma enxurrada de gols na metade do primeiro tempo, que deixou o time de Luiz Felipe Scolari desorientado e decidiu o resultado da partida com apenas 30 minutos de jogo.

"Ficou bem claro que teríamos de continuar concentrados, jogar de forma séria e procurar não humilhar a Seleção Brasileira. Quando se está em campo, temos de mostrar respeito pelo adversário e foi muito importante que assim tenha sido, sem embarcar em brincadeiras ou algo do gênero. Não queríamos ridicularizar o Brasil" disse o zagueiro ao Daily Mirror, da Inglaterra.

O defensor é um dos pilares defensivos da equipe e foi decisivo nas quartas de final, quando marcou o gol da vitória contra a França. Porém, ele saiu da partida contra o Brasil com um problema no joelho e pode não ter condições de atuar. Nesse caso, Mertesacker deve entrar na equipe, caso seu companheiro não jogue.