thumbnail Olá,

"A bola usada na Libertadores é um pouco mais leve, mais rápida. Temos que ter uma atenção especial a isso", diz Victor

Faltando poucas horas para o confronto com o São Paulo, pelo grupo 3 da Copa Libertadores,  a grande preocupação dos jogadores da equipe mineira é com o modelo de bola que é utilizada no torneio.

"A bola usada na Libertadores é um pouco mais leve em relação aoEstadual, mais rápida. Temos que ter uma atenção especial a isso, onde o atacante pode bater e pode levar perigo. Em longa distância, ela oscila mesmo. Temos que estar atentos e preparados a cada tipo de situação”, disse o goleiro Victor.

Réver também comentou sobre as diferenças na bola que é usada na Libertadores e alerta para o perigo das cobranças de falta do goleiro Rogério Ceni.

“A bola da Libertadores acaba balançando um pouco mais, viajando mais. Então, acaba tendo uma diferença notável. O São Paulo, nas bolas paradas, com o Rogério Ceni, pode utilizar isso. Temos que ter atenção, já que não podemos proporcionar faltas perto da área”, disse.

Atlético-MG e São Paulo se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h (Brasília), no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

Relacionados