Quando Brazil surpreendeu e conquistou a Europa

Antes de um brasileiro conquistar o troféu da atual Europa League, um atacante escocês foi o primeiro a levar o nome Brazil ao sucesso no torneio da UEFA


GOAL Por Tauan Ambrosio 

O primeiro brasileiro a conquistar a Taça da UEFA – como se chamava antigamente a atual Europa League – foi o meia-atacante Tita, em 1987-88, com o Bayer Leverkusen.  O então ex-jogador de Flamengo, Grêmio, Vasco e Internacional foi decisivo para o triunfo do time da aspirina sobre o Espanyol. No entanto, o Brazil já havia tido sucesso anteriormente na competição.

Brazil com “Z” mesmo. É lógico que não se trata do país, e sim de um jogador. O escocês Alan Brazil, atacante que fez parte do surpreendente Ipswich Town campeão europeu em 1981 (mesmo ano em que Tita conquistava a América com o Flamengo). Naquela campanha, Alan esteve em campo 12 vezes e fez apenas um gol – contra o Widzew Lodz, da Polônia.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Os brasileiros campeões da Europa League | Análise: Liverpool vs Sevilla | Colunas do Tauan


Naquela gloriosa temporada de 1980-81, os “Tractor Boys” honraram o apelido dado e passaram como tratores por gigantes como Arsenal, Liverpool e Manchester United. Terminaram a primeira divisão com o vice-campeonato, no torneio vencido pelo Aston Villa. Na Copa da Inglaterra, chegaram nas semifinais e foram eliminados pelo Manchester City. A equipe era boa, e tinha um excelente treinador: Bobby Robson, que anos depois teria sucesso em Portugal, Holanda e Espanha.

Alan Brazil, na decisão de 1981 contra o AZ Alkmaar, da Holanda (Foto: Getty Images)

Convocado para defender a Escócia na Copa do Mundo de 1982, disputou duas partidas no certame e, do banco de reservas, viu o Brasil (o verdadeiro, com “S”) golear por 4 a 1. A maré era favorável, Alan era jogador de Copa do Mundo e um dos principais nomes do Ipswich mais vitorioso da história. Em 1983, foi contratado pelo Tottenham por 450 mil libras e mostrou ser um verdadeiro amuleto quando o assunto era a Taça da UEFA.

No Tottenham, o sucesso não foi o mesmo... mas também teve troféu europeu! (Foto: Getty Images)

Foram quatro gols anotados em cinco jogos na competição europeia, mas o atacante não participou dos jogos finais. Com a camisa dos Spurs ele já não era o mesmo dos tempos de Ipswich, e sofria com lesões. Mesmo assim, deixou a sua marca na segunda conquista europeia da equipe de Londres. Depois, jogou no Manchester United e começou a perambular por vários clubes até encerrar a carreira em 1989, na Suíça.

Atualmente, é um dos comentaristas mais conhecidos da Grã-Bretanha. Daqueles cheios de bordões e gafes. Também é conhecido por ser um notório beberrão! Em uma entrevista ao The Sun, chegou a afirmar que bebe todos os dias: “As pessoas me perguntam se tenho problemas com a bebida. Não, sou apenas de Glasgow”, disse o escocês, que de brasileiro não tem nada além de uma coincidência em seu sobrenome.