Ora Bolas: Michel Bastos no Palmeiras é 'aposta antiga' de Alexandre Mattos

Diretor de futebol começou a costurar a contratação do meia ainda em outubro e convenceu a alta cúpula do Palmeiras

GOAL Por Bruno Andrade

Paulo Nobre torceu o nariz, Maurício Galiotte não se animou, diversos conselheiros fizeram pressão, mas Alexandre Mattos insistiu e convenceu a alta cúpula do Palmeiras. O desejo do diretor de futebol falou mais alto na contratação de Michel Bastos, que assinou contrato de dois anos e foi anunciado neste sábado. Ele receberá cerca de R$ 400 mil por mês (com comissão e luvas incluídas).

Mattos começou a costurar a chegada do meia ainda em outubro, quando descobriu que o jogador estava insatisfeito e fora dos planos do São Paulo para 2017. Depois de diversas ligações e reuniões, o dirigente alviverde conseguiu o "sim" do futuro reforço no dia 11 de dezembro, conforme revelou com exclusividade o Blog Ora Bolas.

Inicialmente, o Palmeiras discutiu a possibilidade de ceder jogadores em troca ao Tricolor para ter Michel Bastos. O cenário mudou quando o clube de Morumbi aceitou rescindir o contrato do camisa 7, que ainda tinha vínculo até o fim de 2017 e abriu mão de receber pagamentos atrasados. O caminho, então, ficou totalmente livre para o campeão brasileiro.

Bourdeax e Atlético-MG tentaram em vão a aquisição do veterano meia de 33 anos nos últimos dias. O clube francês, aliás, chegou a acenar com uma proposta mais vantajosa financeiramente. O jogador, no entanto, manteve a palavra dada ao Palmeiras. Dada, na verdade, a Alexandre Mattos.

*Atualizado às 12h50