Dona Lúcia está de volta!

Uma das personagens mais conhecidas após a trágica derrota para a Alemanha reaparece para falar sobre os rumos tomados pelo futebol brasileiro

*“Querido Del Nero,

Passados 365 dias daquela doída derrota para a Alemanha, resolvi escrever uma nova carta por conta dos últimos acontecimentos no futebol brasileiro. Continuo muito triste pela maneira com que os jornalistas abordam as mudanças na CBF, na Seleção e no futebol brasileiro. Isso sem falar dos ataques injustos a uma pessoa íntegra e verdadeira como você.

Não entendo como tanta gente pode o criticar sendo que você assumiu a presidência da CBF há menos de três meses. Parecem que não entendem que medidas de modernização como as que você prometeu fazer não acontecem da noite pro dia. Você é um ser humano ímpar e vejo toda a sua vontade e empenho para que nós voltemos a ter momentos de grande felicidade.

Claro que não queríamos estar passando por esse momento, mas vejo que você e todos os dirigentes a sua volta estão fazendo de tudo para ajudar a mudar o rumo do esporte mais querido do país. Foram inúmeras reuniões com técnicos, jogadores, dirigentes... Tenho certeza que tudo dará certo e que os críticos se calarão.

Rafael Ribeiro/CBF /Divulgação

Preciso enaltecer também a sua postura com relação ao nosso querido José Maria Marin, que foi preso em maio lá na Suíça. Não podemos considerá-lo culpado até que realmente seja provada sua participação em esquemas de corrupção e lavagem de dinheiro.

Por fim, parabéns por ter mantido Dunga como treinador mesmo depois da eliminação na Copa América. Como disse da outra vez, não conheço muito de futebol, mas sei que a continuidade de um trabalho é muito importante. Nosso querido Felipão sabe mais do que ninguém como é difícil agradar a todos.

O caminho para o sucesso será bastante árduo, mas o nosso comandante é muito competente e vai conseguir levar o Brasil de volta ao caminho dos títulos.

Receba um abraço da sua amiga anônima Lúcia”

Leo Correa/Mowa Press

*Dona Lúcia é um personagem fictício. O repórter Fernando H. Ahuvia (@fhahuvia) é seu ghostwriter não autorizado.