As 10 maiores derrotas da Seleção Brasileira

Goal relembra as goleadas históricas sofridas por nossa equipe nacional em competições diversas

Brasil 1 x 7 Alemanha 

8 de julho de 2014. Pela Copa do Mundo 2014, a Seleção Brasileira sofreu sua maior goleada em 100 anos. A derrota por 7 a 1 para a Alemanha, no Mineirão, é a pior de um campeão mundial na história do futebol. 

Iugoslavia 8 x 4 Brasil 

3 de junho de 1934. Depois de ter sido eliminado da Copa de 1934, o Brasil enfrentou a Iugoslávia e foi derrotado pelo placar de 8 a 4. O destaque do jogo foi Marjanovic que marcou três vezes. Nesta partida, a equipe brasileira contou com nomes como Waldemar de Brito e Leônidas da Silva. 

Uruguai 6 x 0 Brasil 

18 de setembro de 1920. Pelo Sul-Americano daquele ano, o Uruguai venceu o Brasil por 6 a 0, o maior resultado antes do vexame no Mundial 2014, durante 94 anos.


O Uruguai dos anos 20 (foto: Reprodução)

Argentina 6 x 1 Brasil

5 de março de 1940. Pela Copa Roca, em um dos primeiros capítulos da rivalidade, o Brasil foi superado pela Argentina por 6 a 1, em Buenos Aires. O único gol dos visitantes foi marcado por Rosa Pinto.

Argentina 5 x 1 Brasil (duas vezes)

17 de março de 1940. Também pela Copa Roca, a Argentina voltou a golear, no terceiro duelo entre as equipes, no Estádio Almirante Cordero.

15 de janeiro de 1939. Um ano antes, pela Copa Roca, o Brasil já havia levado 5 gols do rival, na partida disputada no Rio de Janeiro. Era o primeiro jogo da melhor de três e o Brasil sofreu 5 a 1 do adversário.


Getty Images

Bélgica 5 x 1 Brasil 

24 de abril de 1963. Como parte de uma excursão na Europa, os atuais bicampeões da Seleção Brasileira foram surpreendidos no amistoso diante da Bélgica, perdendo por 5 a 1.

Hungria 4 x 2 Brasil  

27 de junho de 1954. Pelas quartas de final da Copa do Mundo, a equipe da Seleção Brasileira foi superada por 4 a 2, no Wankdorf Stadion, na Suíça. Os dois gols foram marcados por Djalma Santos e Julinho Botelho.

Chile 4 x 0 Brasil 

3 de julho de 1987. Pela Copa América daquele ano, a 33ª edição do torneio, o Brasil perdeu para o Chile por 4 a 0, na primeira fase. 

Dinamarca 4 x 0 Brasil 

18 de junho de 1989. Convidado para um torneio na Dinamarca em homenagem ao centenário da Federação, o Brasil foi superado por 4 a 0. Os gols foram marcados por Morten Olsen, Michaël Laudrup (2) e L. Olsen.