Victor planeja se aposentar no Atlético-MG: "sou apaixonado pelo clube e pela torcida"

Goleiro do Galo fala sobre identificação com o clube mineiro e não se vê jogando por outro time

Victor Leandro Bagy já se tornou São Victor para o Atlético-MG. Procissão para o Santo no Horto, crianças batizadas com seu nome, tatuagens e rezas. O goleiro já é um dos imortais do Galo e um dos grandes ídolos da Massa por tudo o que fez nos últimos anos e defesas eternas, como o pênalti de Riascos no final do embate com o Tijuana, pelas quartas de final da épica Libertadores em 2013.

A ligação de Victor com o Atlético-MG é daquelas especiais, e não à toa, muitos se perguntam se o arqueiro, de 34 anos, vai se aposentar no Galo. A pergunta foi respondida pelo próprio camisa 1.

"Não sou o tipo de pessoa que faz planos para daqui cinco ou seis anos. Eu sempre penso no momento. Tenho 34 anos, mas hoje, por toda a estrutura que o Atlético me dá, e toda a história que eu construí no Atlético, acho difícil eu sair do clube. Eu tenho mais dois anos e meio de contrato, tenho uma identificação enorme com o clube, gosto da cidade, gosto da torcida, sou apaixonado pelo clube e pela torcida, então não me vejo encerrando a carreira em outro clube", afirmou Victor no Resenha Espn.