Botafogo 3 x 0 Tigres do Brasil: Com falha no Engenhão e golaço, Fogão vence e é líder

Após primeiro tempo fraco, Bota desencanta na segunda etapa e consegue a vitória

Os torcedores alvinegros que foram até o Engenhão viram um primeiro tempo lento, mas assistiram uma boa exibição da equipe nos 45 minutos finais. Renan Fonseca, Jobson e Gilberto marcaram os gols para o Bota. Paulinho Guará ainda desperdiçou um pênalti para o time da Baixada. Para o Botafogo, a vitória significa a liderança do Carioca. Com o resultado, o Fogão chega aos 22 pontos e dorme na ponta da tabela. O próximo desafio do Alvinegro será contra o Resende, no domingo, às 18h30, no Engenhão. O Tigres pega o Flamengo no sábado, às 16h, no Los Larios, em Duque de Caxias.

Início desligado

Mesmo após ficar quase dois anos fechado para reformas, o Engenhão novamente demonstrou problemas de infraestrutura. Um pique de luz atrasou em 15 minutos o início do duelo entre Botafogo e Tigres. Talvez em função disso, as equipes estavam desligadas da partida. O ritmo da primeira etapa foi lento. Apesar de o Tigres ter a posse da bola, foi o Bota que chegou mais perto de abrir o placar. Aos 25 minutos, Tomas chutou de fora da área, Santiago deu rebote, e Jobson completou para o gol. O lance não foi validado pela arbitragem. O árbitro Leandro Newley Ferreira Belota marcou impedimento do atacante, que estava na mesma linha da zaga. No final, o Fogão tentou pressionar, mas não conseguiu assustar Santiago.

Fogão desencanta

As palavras de Renê Simões devem ter animado seus atletas no intervalo. Logo aos dois minutos, após cruzamento de Tomas, Santiago saiu mal do gol e entregou a bola nos pés de Renan Fonseca. O zagueiro ameaçou o chute, fintou a zaga adversária e chutou forte. Um a zero para o Fogão. Na sequência, Jobson marcou o seu segundo na partida, mas teve novamente o gol anulado. Desta vez, ele estava realmente impedido. A resposta do Tigres foi rápida. Aos 11 minutos, Jean Carioca deu uma linda caneta em Diego Giaretta e foi derrubado na área. Pênalti. Paulinho Guará bateu, mas mandou para fora.

Após o pênalti, o Botafogo se impôs e conseguiu a vitória com tranquilidade. Jobson chutou de fora da área, e Santiago aceitou. Foi o segundo do Bota. O Tigres sentiu o ritmo e não mostrou mais poder de reação. No final da partida, Gilberto ainda teve tempo de marcar o terceiro, após fazer bela jogada individual pela direita, limpar três adversários e chutar forte. Um golaço.