No Dia da Mulher, relembre as craques que marcaram história no futebol feminino

Comentários()
Getty/Goal
Recordes, títulos, beleza e bom futebol. Confira as principais jogadoras na história do futebol feminino

Destaques dentro e fora de campo, as mulheres se espelham nas craques do passado e do presente para seguirem na luta por igualdade no esporte. No dia Internacional da Mulher, a Goal separou uma lista com as maiores atletas do futebol feminino.

Confira a seguir quem são elas!

  1. Chris Graythen

    #1 Abby Wambach

    Na história dos Estados Unidos como uma das maiores atletas do país, Abby é a artilheira da seleção norte-americana, não somente da feminina como na masculina também, com 184 gols. Eleita a melhor jogadora do mundo em 2012, conquistou duas olimpíadas e a Copa do Mundo, em 2015.

  2. #2 Mia Hamm

    Considerada a maior atleta do futebol feminino por alguns, Mia Hamm foi a estrela da seleção dos Estados Unidos na década de 90. Ainda universitária quando ergueu o troféu da Copa do Mundo em 1991, com apenas 19 anos, Mia tornou-se a americana mais jovem a vencer um campeonato de qualquer esporte na história do país.

    Na sequência, ainda venceu as Olimpíadas em 1996 e a Copa do Mundo de 1999, diante a torcida de 90.000 telespectadores, no estádio Rose Bowl. A americana ainda recebeu o prêmio de melhor jogadora do mundo em 2001 e 2002. Por fim, após o segundo ouro olímpico, em 2004, Mia se aposentou.

  3. Getty

    #3 Marta

    Eleita por seis vezes a melhor jogadora do mundo (2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2019), Marta é a maior é considerada por muitos a maior jogadora brasileira de todos os tempos.

    Artilheira da seleção brasileira ao superar Pelé na artilharia, Marta é também a maior artilheira do país em Copas do Mundo feminina. Porém, apesar do currículo vitorioso da camisa 10, Marta ainda não conquistou um Mundial com o Brasil. Por sua vez, terá a oportunidade em junho, na Copa do Mundo Feminina 2019, que será disputada na França.

  4. Getty Images

    #4 Birgit Prinz

    Birgit Prinz jogou até a temporada de 2011. A atacante alemã se tornou a segunda maior vencedora do prêmio de melhor jogadora do mundo ao vencer a categoria nas edições de 2003, 2004 e 2005. Umas das principais jogadoras alemãs, Prinz é a segunda maior artilheira em Copas do Mundo, com 14 gols marcados.

  5. Mark Kolbe/Getty Images

    #5 Formiga

    Aos 41 anos, Formiga é a jogadora que mais vezes vestiu a camisa do Brasil, tanto no time feminino como no masculino. Durante os 24 anos de seleção, Formiga disputará a sétima Copa do Mundo com a equipe. Outro recorde, já que nenhum atleta chegou a esse número. Atualmente, defende o Paris Saint-Germain.

  6. Getty

    #6 Cristiane

    Atual jogadora do São Paulo, Cristiane tornou-se a maior artilheira do futebol em Jogos Olímpicos, independente de gênero, com a marca de 14 gols, nas olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

    Com a Seleção Brasileira conquistou os Jogos Pan-Americanos de 2007 e 2015, além do Campeonato Sul-Americano, em 2010.

  7. Getty

    #7 Hope Solo

    Apesar da carreira rodeada de polemicas, a goleira Hope Solo iniciou a extensa carreira na seleção norte-americana, em 2000. Desde então, soma duas medalhas olímpicas e uma Copa do Mundo.

    Os recordes pessoais também são um forte da arqueira: A goleira que mais vestiu a camisa da seleção, a jogadora com mais minutos consecutivos jogando pela seleção e maior número de partidas de invencibilidade pela equipe nacional. 

  8. Getty

    #8 Carli Lloyd

    Carli Lloyd venceu o prêmio de melhor jogadora do mundo em 2015 e 2016. A camisa 10 da seleção do Estados Unidos ainda soma duas medalhas de ouro nas olímpiadas de Pequim, em 2008 e Londres, em 2012. Além disso, foi eleita a melhor jogadora da Copa do Mundo de 2015, conquistada pelas norte-americanas.

  9. Getty

    #9 Bettina Wiegmann

    Maior jogadora do futebol alemão entre os anos de 90 até 2000, Wiegmann conquistou três Eurocopas (1995, 1997 e 2001). Já nas Copas de 1999 e 2003 foi escolhida para a seleção dos mundiais.

    Em 2003 se aposentou dos gramados após levantar a taça da Copa do Mundo de 2003, sendo a capitã da equipe no primeiro título do país.

  10. Getty

    #10 Sun Wen

    Com um poder de finalização admirável, Sun foi uma das principais jogadoras chinesas na história do país. Com a atleta, a equipe venceu seis Copas da Ásia.

    A atleta participou de quatro Copas do Mundo, e conquistou a prata em 1999. Além do segundo lugar no Mundial, Sun e o time asiático ficou na segunda posição nas olimpíadas de 1996.

    Sun foi a primeira mulher a nomeada para o prêmio de melhor futebolista da Ásia. Nas eleições de melhor do mundo de 2001 e 2002 ficou, respectivamente, em segundo e terceiro lugar. Também em 2001, em votação realizada pelo comitê da FIFA, a jogadora foi eleita a segunda melhor atleta de futebol do século XX. Por sua vez, em na votação popular realizada pelo mesmo prêmio, ficou em primeiro.

  11. WILLIAM WEST/AFP/Getty

    #11 Honey Thaljieh

    A palestina Honey Thaljieh foi a principal influenciadora na criação da seleção feminina de futebol feno país. Ainda na faculdade, a atleta se reuniu com quatro mulheres na busca por um time feminino no país. Em 2005, após superar os costumes religiosos do país, A Federação Palestina de Futebol autorizou a criação da equipe e foi criada também uma liga feminina no país.

    Thaljieh se aposentou em 2009 devido as lesões, mas não se desligou do futebol. A jogadora que marcou 17 gols com a seleção finalizou o curso de "Gestão, lei e humanidades do esporte" pela Fifa, em 2012.

  12. Tom Hauck/Getty

    #12 Michelle Akers

    Michelle Akers participou do início da Seleção dos Estados Unidos, em 1985, além de ser uma das integrantes do histórico elenco americano que venceu as duas Copas do Mundo e uma Olimpíada.

    Detentora de recordes individuais, foi a artilharia da primeira Copa do Mundo feminina, em 1991. Ao todo, marcou 10 gols em seis jogos, cinco foram marcados apenas em uma partida, contra o Taipei nas quartas de final.

    Vale destacar que Akers foi eleita por um comitê da FIFA a maior jogadora do século XX. Já Pelé incluiu a norte-americana na lista de maiores futebolistas vivos, ao lado de Mia Hamm, em 2004.

  13. Tom Shaw/Getty

    #13 Hege Riise

    Responsável pelo único título mundial da Noruega, Hege Riise faz parte da seleta lista de mulheres que conquistaram o título da Copa do Mundo, Olimpíada e Eurocopa ao lado das compatriotas Bente Nordy e Gro Espeseth. Riise se aposentou em 2004 com o recorde de 188 jogos pela equipe nacional.