Copa do Mundo: Harry Kane vence a corrida e é o artilheiro na Rússia 2018

Comentários()
Getty Images
O torneio chegou ao final, e o goleador inglês venceu a concorrência e ficou com a Chuteira de Ouro!

  1. (C)Getty Images

    #1 Neymar Jr. | Brasil | 2 gols, 5 jogos

    O camisa 10 da Seleção Brasileira não conseguiu decidir contra a Bélgica, e deixou a competição com os dois gols marcados 
  2. Getty

    #2 Luis Suárez | Uruguai | 2 gols, 5 jogos

    Em sua terceira Copa do Mundo, Luis Suárez esperava ter motivos para comemorar, mas sem Cavani para tabelar no ataque não deu para eliminar a França.

  3. Kevin C. Cox

    #3 Philippe Coutinho | Brasil | 2 gols, 5 jogos

    Philippe Coutinho vinha fazendo um grande Mundial, mas seu pior jogo foi justamente  da eliminação para a Bélgica.

  4. Getty Images

    #4 Mile Jedinak | Austrália | 2 gols, 3 jogos

    Mile Jedinak faz parte de um grupo exclusivo como um dos 13 artilheiros da Austrália em Copas. E os tentos marcados na Rússia o colocaram como o segundo maior artilheiro da seleção na história do torneio.

  5. Getty

    #5 Luka Modric | Croácia | 2 gols, 7 jogos

    Desde que chegou ao terceiro lugar na Copa do Mundo, em 1998, a Croácia tem feito boas campanhas em Mundiais. Além de revelar grandes jogadores: Luka Modric é um deles. O craque do Real Madrid marcou um golaço diante da Argentina, e contribuiu com a vitória croata por 3 a 0.

    Faltaram os gols na fase final, mas não as boas atuações: a Croácia chegou à final pela primeira vez muito graças a ele, que faturou o prêmio Bola de Ouro como o melhor jogador da edição!

  6. Getty Images

    #6 Mohamed Salah | Egito | 2 gols, 2 jogos

    O atacante do Liverpool, Mohamed Salah, foi prejudicado por uma lesão no ombro, e disputou apenas dois jogos na competição, com o já eliminado, Egito. Mas isso não o impediu de deixar sua marca diante da Rússia e Arábia Saudita.

  7. Getty

    #7 Ahmed Musa | Nigéria | 2 gols, 3 jogos

    Ahmed Musa tem o hábito de marcar dois gols por jogos em Copas do Mundo. Fez isso contra a Argentina, em 2014 e diante da Islândia em 2018. O atacante do Leicester City é sem dúvida um dos homens-chave da Nigéria, e ele espera aumentar essa contagem.

  8. Getty

    #8 John Stones | Inglaterra | 2 gols, 6 jogos

    Os zagueiros não costumam ser reconhecidos por suas habilidades com gols, mas John Stones, mostrou esse feito em lances de bola parada. O atleta do Manchester City pode não estar disposto a desafiar seu compatriota, Kane, para a artilharia, mas provavelmente, está ansioso para contribuir com mais gols, em busca do segundo título mundial da Inglaterra

  9. Getty Images

    #9 Andreas Granqvist | Suécia | 2 gols, 5 jogos

    Zagueiro artilheiro da Suécia, o capitão Granqvist teve participação central na campanha da Suécia até as quartas de final na Rússia, com direito a gols nas vitórias sobre Coreia do Sul e México, no Grupo F.
  10. Getty Images

    #10 Artem Dzyuba | Rússia | 3 gols, 5 jogos

    Tal como Cheryshev, Artem Dzyuba não foi titular da Rússia no jogo de estreia, mas Zenit mostrou que tem capacidade para encontrar a rede regularmente.

  11. Getty Images

    #11 Ivan Perišić | Croácia | 3 gols, 7 jogos

    O meio-campista da Croácia balançou as redes em três ocasiões. O gol mais importante ocorreu na semifinal diante da Inglaterra, em 11 de julho, no qual os croatas venceram por 2 a 1, de virada, na prorrogação. Deixou mais um contra a França, na decisão, mas foi insuficiente para que os eslavos vencessem o primeiro Mundial de sua história

  12. Getty Images

    #12 Diego Costa | Espanha | 3 gols, 4 jogos

    Diego Costa se estabeleceu como um dos principais artilheiros do futebol europeu nos últimos anos. Um dos destaques da Espanha na Rússia 2018, o atacante do Atlético de Madri já marcou três gols.

  13. Getty

    #13 Mario Mandžukić | Croácia | 3 gols, 7 jogos

    Um dos principais jogadores da Croácia, Mario Mandžukić marcou o gol que colocou a seleção pela primeira vez em uma finalíssima de Copa do Mundo. A fome talvez tenha sido tanta que ele marcou duas vezes - uma contra e uma a favor - na derrota para a França na decisão.

    Aos 32 anos, a Rússia 2018 pode ser o último Mundial da carreira de Mandžukić.

  14. Getty Images

    #14 Eden Hazard | Bélgica | 3 gols, 7 jogos

    Eden Hazard é o capitão e talismã da Bélgica. O meio-campista do Chelsea iniciou uma impressionante afinidade com Lukaku no ataque da seleção. Fechou o Mundial em alta, marcando contra a Inglaterra na disputa pelo terceiro lugar na Rússia

  15. (C)Getty Images

    #15 Edinson Cavani | Uruguai | 3 gols, 4 jogos

    Um dos líderes da Celeste, Cavani chegou disposto a levar para a seleção a fase goleadora no Paris Saint-Germain - especialmente nas fases mais decisivas: foram dele os dois gols que deram a vitória do Uruguai sobre Portugal de Cristiano Ronaldo, nas oitavas de final do Mundial da Rússia.
  16. Getty Images

    #16 Yerry Mina | Colômbia | 3 gols, 3 jogos

    Ele começou o Mundial no banco, mas se tornou um verdadeiro 'talismã' dos Tricolores na Rússia. Com o forte jogo aéreo, Yerry Mina foi um dos pontos positivos da campanha da Colômbia até as oitavas de final, com direito a 'gol salvador' nos acréscimos, contra a Inglaterra, dando mais uma chance à seleção antes da queda na disputa por pênaltis.
  17. Getty

    #17 Cristiano Ronaldo | Portugal | 4 gols, 4 jogos

    Sem dúvidas, um dos maiores jogadores do futebol atual, Cristiano Ronaldo balançou as redes quatro vezes na Copa do Mundo 2018. Um notável hat-trick contra a Espanha, e um tento na vitória por 1 a 0 contra o Marrocos.

    No entanto, já pode dar adeus à disputa após a eliminação de Portugal nas mãos do Uruguai, nas oitavas de final.

  18. Getty

    #18 Antoine Griezmann | França | 4 gols, 7 jogos

    Após uma fase de grupos pouco inspirada, Griezmann cresceu no mata-mata, marcando nas vitórias sobre a Argentina, Uruguai e a grande final vencida diante da Croácia, igualando a contribuição de Mbappé para o ataque dos Bleus.
  19. Getty

    #19 Romelu Lukaku | Bélgica | 4 gols, 6 jogos

    Romelu Lukaku chegou à Rússia como artilheiro da Bélgica. E O atacante do Manchester United consolidou esse legado. Porém, o jogador de 25 anos está disposto a superar o recorde de cinco tentos marcados em Copas, do belga Marc Wilmots.

  20. Getty Images

    #20 Denis Cheryshev | Rússia | 4 gols, 5 jogos

    Apesar de não ter sido titular no primeiro jogo, Denis Cheryshev está entre os destaques da Copa. O ala do Villarreal demonstrou habilidade, e é um candidato surpreendente na briga pela artilharia da competição.

  21. Getty

    #21 Kylian Mbappé | França | 4 gols, 7 jogos

    Sensação francesa, Kylian Mbappé tomou de assalto uma das vagas no time titular de Didier Deschamps na Copa do Mundo, e não vem decepcionando: após marcar na fase de grupos, o atacante do Paris Saint-Germain brilhou nas oitavas contra a Argentina, marcando dois gols e fazendo história no torneio!

    Ele continuou fazendo um Mundial em altíssimo nível, terminando com um gol na final contra a Croácia e faturando o prêmio de Melhor Jovem Jogador na Rússia.

  22. Getty Images

    #22 Harry Kane | Inglaterra | 6 gols, 7 jogos

    Tendo dominado a artilharia da Premier League nos últimos anos, Harry Kane finalmente trouxe a fama de goleador para um nível internacional. O atacante do Tottenham recebeu a braçadeira de capitão do treinador da Inglaterra, Gareth Southgate, antes do início da Copa do Mundo.

    Retribuiu a confiança com muitos gols, especialmente na primeira fase, e seguiu cumprindo seu papel de referência ao levar o English Team à quarta colocação geral na Rússia!