Gilette Brasil Global Tour

Treinador acredita que Seleção Brasileira pode mudar histórico crítico e exigente da torcida em São Paulo

O técnico Luiz Felipe Scolari espera mudar o histórico recente em relação à torcida em jogos da Seleção Brasileira em São Paulo. O time canarinho fará sua última partida antes da estreia na Copa do Mundo nesta sexta-feira, contra a Sérvia, às 16h (horário de Brasília), no Morumbi, e a estreia do Mundial, dia 12 de junho, contra a Croácia, na Arena Corinthians.

“Serei mais flexível em uma ou outra situação de desconforto para minha equipe. Eu tenho bom ambiente com outras equipes em São Paulo. É hora de mudar essa situação hipotética de São Paulo... Muita gente já está em São Paulo no início da Copa do Mundo. É hora de a gente receber carinho da população de São Paulo. Eu vou ficar feliz por voltar. Vou ter o sábado livre com a família, o domingo de manhã, minha casa é São Paulo”, declarou Felipão, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira.

O treinador disse ter consciência de que o torcedor paulista é crítico, mas aposta no empenho da equipe para evitar qualquer situação desagradável.

“Se nos apresentarmos bem, se tivermos vontade, organização e determinação, os torcedores vão entender que é fundamental eles estarem conosco. Se a história diz que São Paulo é um pouco arredia à seleção, é hora de mudar a história, jogar de forma consistente, fazendo com que o torcedor acredite. E ele também ter que ter uma postura de torcedor brasileiro. Vamos fazer de São Paulo nossa casa a partir de agora”, concluiu.