Gilette Brasil Global Tour
 
Disputada
novembro 16, 2013 10:30 PM BRST
Hard Rock Stadium — Miami Gardens, Florida
Árbitro:‬ D. Gantar‎
Público total:‬ 71124‎
 
 
Bernard 22′
 
Dante 55′
 
Maicon 66′
 
Willian 70′
 
Hulk 74′

Honduras 0 x 5 Brasil: Seleção dá show no segundo tempo e faz mais uma vítima

Equipe de Luiz Felipe Scolari supera jogo duro dos hondurenhos e goleia em Miami

Honduras vs Brazil
Mowa Press
No primeiro teste na última série de amistosos de 2013, parte do Gillette International Soccer Series, a Seleção brasileira venceu e convenceu neste sábado, ao golear Honduras por 5 a 0 no Sun Life Stadium, em Miami. Com gols de Bernard, Dante, Maicon, Willian e Hulk, o time verde-e-amarelo superou a marcação pesada, por vezes desleal do selecionado da América Central para construir um placar dilatado nos Estados Unidos.

Agora, a Seleção se prepara para a próxima terça-feira, quando encara o Chile em Toronto, a partir das 23h (horário de Brasília).

O jogo

Terminada a bonita cerimônia de introdução às equipes em Miami, a bola rolou e o Brasil logo soube que não teria uma missão fácil, tamanha era a disposição dos hondurenhos em não permitir qualquer movimentação de Neymar e cia. Não foi completamente eficiente, já que Oscar sofreu uma falta perigosa logo aos 4 minutos, que Neymar acabou colocando por cima do gol. Mas a dificuldade imposta aos atuais campeões da Copa das Confederações fez o time da América Central se animar por alguns momentos.

Aos 9 minutos, a defesa verde-e-amarela parou após cobrança de falta pelo lado direito e Bengtson quase aproveitou uma saída em falso de Victor, cabeceando por cima do gol. Depois, Claros avançou pelo meio e chutou à esquerda do gol brasileiro. Mas é quase impossível parar um time que conta com Neymar: aos 14 minutos, ele iniciou grande ataque pela esquerda após dar um lençol no marcador e mandar para Bernard, que entrou na área e demorou para cruzar para Jô, que fechava pelo meio. Paulinho, na sequência do lance, ganhou a disputa, entrou na área e bateu para a defesa de Valladares.

O gol verde-e-amarelo, que ia amadurecendo, chegou aos 21 minutos. Paulinho recebeu na ponta direita, foi ao fundo e cruzou rasteiro para a área. Jô não estava por ali, mas Bernard foi mais esperto que a defesa para entrar em velocidade e balançar as redes, marcando seu primeiro gol com a camisa da Seleção. O ex-Galo, inclusive, quase marcou o segundo após um lançamento primoroso de David Luiz, mas a bola acabou fugindo ao seu domínio e correndo para as mãos do goleiro hondurenho.

Em desvantagem no marcador, os hondurenhos passaram a atacar desordenadamente, dando muitos espaços para o contragolpe e abusando ainda mais das chegadas fortes nos brasileiros, especialmente Neymar, que foi alvo de um verdadeiro ‘rodízio’ de divididas por parte dos jogadores adversários. O que não o impediu de disparar em contragolpe aos 36 minutos, ganhar na corrida de Bernárdez e chutar para a defesa de Valladares.

Até o final da primeira etapa, David Luiz quase ampliou de cabeça após cobrança de escanteio, e Neymar tentou cavar um pênalti apesar de ter espaço para finalizar já dentro da área. Maxwell, em descida pela esquerda, acabou desperdiçando o último bom ataque brasileiro, aos 43 minutos.

No segundo tempo, o time hondurenho continuou apelando para as faltas, ainda que volta e meia conseguisse uma boa chegada ao ataque. Boenik arriscou logo aos dois minutos e Victor encaixou bem. Mas não levou muito tempo para que a bola fosse para o fundo das redes mais uma vez. Neymar cobrou escanteio aos dez minutos e Dante chegou conferindo no primeiro pau, a bola desviou no defensor e matou o goleiro adversário, ampliando a contagem em favor da Seleção.

Honduras chegou a levar perigo mais uma vez na partida, em chute perigoso de Izaguirre aos 15 minutos, concluindo uma bola escorada por Bernárdez, mas Maicon, pouco depois, deu início a uma chuva de gols do time de Scolari. Após uma bola levantada pelo lado direito, Robinho, como se fosse um número nove, escorou de cabeça para a chegada de Paulinho, que parou na defesa de Valladares. O desvio do arqueiro, porém, foi parar nos pés de Maicon, que fuzilou com o gol aberto e fez o terceiro.

E não parou por aí: aos 23 minutos, Maxwell abriu para Hulk na esquerda, que cruzou rasteiro para Willian bater colocado e marcar o quarto, mais um que marcava a serviço do Brasil pela primeira vez na carreira. Dois minutos mais tarde, uma combinação fantástica entre Hulk, Ramires e Robinho, com direito a toques de calcanhar, terminou no gol do atacante do Zenit, o quinto de uma noite brilhante do time verde-e-amarelo.

Até o final da partida, Ramires perdeu a chance de fazer o sexto ao concluir em cima de Valladares quase na pequena área, e Hulk parou no goleiro hondurenho em um chute forte aos 43 minutos.

Honduras

-
N. Valladares
Goleiro
3
E. Izaguirre
Defensor
72′
-
Maynor Figueroa
Defensor
5
V. Bernárdez
Defensor
49′ 64′
6
A. Peralta
Meio-campista
27
B. García
Defensor
51′ 64′
-
J. Claros
Meio-campista
-
R. Espinoza
Meio-campista
63′
8
Wilson Palacios
Meio-campista
17′ 75′
-
Carlo Costly
Atacante
11
J. Bengtson
Atacante
72′

Brasil

1
Victor
Goleiro
4
Dante
Defensor
55′
4
David Luiz
Defensor
72′
13
Maicon
Defensor
13′ 66′
17
Maxwell
Defensor
71′
-
Bernard
Meio-campista
22′ 46′
22
Luiz Gustavo
Meio-campista
11
Oscar
Meio-campista
64′
7
Paulinho
Meio-campista
22′
27

Atacante
46′
11
Neymar Jr.
Atacante
55′ 67′

Reservas

-
J. Bodden
Goleiro
-
14
A. Najar
Meio-campista
64′
-
E. Delgado
Meio-campista
75′
18
Marvin Chávez
Defensor
64′
-
Jerry Palacios
Atacante
72′

Reservas

1
Julio César
Goleiro
15
Marquinhos
Defensor
72′
2
Daniel Alves
Defensor
4
Thiago Silva
Defensor
-
Hernanes
Meio-campista
21
Lucas Leiva
Meio-campista
71′
8
Ramires
Meio-campista
64′
22
Willian
Meio-campista
46′ 70′
-
Hulk
Atacante
67′ 70′ 74′
7
Robinho
Atacante
46′ 74′

Técnico/Treinador

-
J. Pinto
Técnico

Técnico/Treinador

-
Tite
Técnico
 
  • Gol
  • Gol Contra
  • Pênalti
  • Pênalti desperdiçado
  • Cartão Amarelo
  • Assistência
  • Pênalti defendido
  • Pênalti convertido
  • Pênalti desperdiçado
  • Cartão Amarelo / Cartão Vermelho
  • Cartão Vermelho
  • Entra
  • Sai
  • Lesão
  • Nota do Goal.com
  • Melhor em Campo para o Goal.com
  • Pior em Campo para o Goal.com
  • Ranking Melhores & Piores
  • Melhor em Campo para os Fãs
  • Pior em Campo para os Fãs