Goal.com - Home

thumbnail Olá,
UEFA Champions League, Chelsea v Juventus, Oscar, David Luiz
Getty Images
PERFIL
Por Fernando H. Ahuvia

O Mundial de Clubes 2012 está prestes a começar, em menos de uma semana, e vai coroar o melhor entre os mais vitoriosos times da temporada.

O campeonato terá duração de 6 a 16 de dezembro e será disputado no Japão, onde os melhores clubes de cada confederação se farão presentes. Para a maioria dos fãs, Chelsea e Corinthians não necessitam apresentações, porém outros competidores precisam ser introduzidos.


Nesta série, o Goal.com apresentará para você todos os sete clubes que irão tomar parte deste torneio. Aqui, o perfil do Chelsea.

PEQUENO HISTÓRICO

Fundado pelo empresário local Gus Mears em 1905, o Chelsea passou a maior parte de sua história na primeira divisão do futebol inglês; Sucesso na forma de títulos importantes, no entanto, só aconteceu em 1955, quando, sob a tutela do ex-atacante do Arsenal, Ted Drake, eles ganharam a liga pela primeira vez.

Nas décadas seguintes, os Blues se estabeleceram como um clube com pedigree considerável em copas, vencendo a Copa da Liga em 1965, a Copa da Inglaterra em 1970 e a Recopa Europeia, primeiro título europeu do clube, no ano seguinte.

Tendo sofrido um declínio financeiro na maior parte dos anos 70 e 80, o Chelsea teve um renascimento espetacular na década de 90 com a chegada de algumas estrelas estrangeiras, como Gianfranco Zola, Ruud Gullit, Vialli Gianluca, Roberto Di Matteo e Gus Poyet. Entre 1997 e 2000, os Blues conquistaram duas Copas da Inglaterra, uma Copa da Liga, o segundo título da Recopa Europeia e a Supercopa da UEFA.

Financeiramente afetado, o Chelsea foi assumido pelo bulionário russo Roman Abramovich, em 2003. Com altos investimentos do novo proprietário, o clube se transformou em uma potência real na Inglaterra e na Europa. Em 2005, o segundo título do Campeonato inglês no ano do centenário do clube e, mais dois, desde então, seguiu junto com outros sete troféus, tornando o período atual o mais bem sucedido da história do Chelsea. Na última temporada, os Blues se tornaram o primeiro clube de Londres a ganhar a Liga dos Campeões garantindo vaga pela primeira vez no Mundial de Clubes.

TÁTICAS E ESTILO DE JOGO

 Em grande parte da era Abramovich, o Chelsea ostentou uma espinha dorsal forte composta por jogadores como Petr Cech, John Terry, Frank Lampard e Didier Drogba. Isso favorecia um estilo de joho projetado para maximizar a participação do formidável atacante marfinense.

Com o proprietário do Chelsea desejando uma mudança de estilo de jogo inspirado na equipe do Barcelona de Pep Guardiola, Drogba  foi embora e o meio-campo da equipe foi reestruturado em torno do trio criativo de Juan Mata, Eden Hazard e Oscar.

Agora, os Blues procuram pressionar a saída de bola do adversário e empregam um jogo rápido e criativo para conseguir vencer as defesas. Na defesa, os zagueiros são incentivados a trocar passes curtos, enquanto os laterais auxiliam os pontas.

O novo técnico Rafa Benitez está tentando aliar a visão de ataque de Abramovich com o estilo organizado e compacto de defender, que ficou famoso durante seus trabalhos no Valência e no Liverpool.

A ESTRELA | Juan Mata

No Stamford Bridge há cerca de 18 meses, Juan Mata já é um dos jogadores preferidos do torcedor do Chelsea. O Espanhol não precisou de tempo para se estabelecer no oeste de Londres. Contratado por cerca de 23 milhões de libras, ele marcou logo na sua estreia em uma vitória por 3 a 1 sobre o Norwich.

Mata passou a brilhar no meio de uma temporada de grande agitação, marcando gols importantes para o Chelsea na Liga dos Campeões. Na final do torneio, foi o espanhol que cobrou escanteio para Drogba fazer 1 a 1 levando a decisão para a prorrogação.

As contratações de Hazard e Oscar parecem ter levantado o jogo de Mata para outro nível, permitindo-lhe marcar mais gols ao seu já impressionante repertório se transformando em uma das maiores estrelas do Campeonato Inglês.

OS SÍMBOLOS | John Terry and Frank Lampard

Frank Lampard foi comprado pelo Chelsea do West Ham por 11 milhões de libras, em 2001. John Terry fez a mesma mudança com 14 anos de idade cerca de seis anos antes. Mas ambos se estabeleceram como titulares durante a temporada 2001-02. Desde então, eles têm sido fundamentais no período mais bem sucedido da história do clube.

Juntos, eles têm proporcionado não só qualidade ao time, mas também estabilidade e liderança, particularmente na era Abramovitch. Além disso, a dupla acumula mais de 1000 jogos ao longo de suas carreiras no Chelsea. Ultimamente, as lesões têm afastado os dois de campo. A carreira dos dois está chegando ao fim, mas eles estão ansiosos para conquistar novas medalhas antes de finalmente pendurarem as chuteiras.

A JOVEM PROMESSA | Oscar

Oscar levou apenas 33 minutos da sua estreia pelo Chelsea contra a Juventus para capturar os corações e disparar a imaginação dos fãs dos blues e observadores de outros times ao marcar seu primeiro gol com a camisa do time inglês. O jovem brasileiro marcou os dois gols do empate por 2 a 2. Apesar do fracasso da sua equipe na defesa do título da Liga dos Campeões, o meia marcou quatro gols na competição.

Ao longo de seus primeiros meses em Londres, Oscar mostrou habilidade, visão e postura de uma estrela. O Mundial de Clubes vai proporcionar ao jogador a oportunidade de aprimorar o seu talento, além de ser uma chance de redenção. Em 2010, Oscar entrou em campo para os últimos 14 minutos da derrota do Internacional para o Mazembe na semifinal.

CURIOSIDADES
  • Quando Gus Mears adquiriu o estádio Stamford Bridge, em 1904, com o objetivo de transformá-lo em um campo de futebol, ele oferecer o local para o Fulham. Quando os Cottagers recusaram, Mears decidiu fundar seu próprio clube para usar o estádio, e o Chelsea nasceu.

  • O Chelsea, junto com o Arsenal, foi o primeiro clube inglês a usar números nas costas das camisas dos jogadores de futebol em um jogo oficial no dia 25 de agosto de 1928, contra o Swansea City.
  • O técnico Rafa Benitez participará pela terceira vez do Mundial de Clubes. Em 2005, com o Liverpool, ele foi derrotado pelo São Paulo. Cinco anos mais tarde, ele foi campeão com a Inter após vitória sobre o Estudiantes. Se o Chelsea for campeão, Benitez vai empatar com o colega espanhol Pep Guardiola, que conquistou dois títulos do torneio com o Barcelona, em 2009 e 2011.

ESCALAÇÃO PROVÁVEL

Benítez deverá apostar no 4-2-3-1 que tem sido utilizado pelo Chelsea nesta temporada. No entanto, ele pode fazer algumas modificações dependendo do desgaste da sua equipe antes dos jogos.

Se espera que jogadores como Victor Moses, Oriol Romeu, Marko Marin, Ryan Bertrand, Lucas Piazon e Daniel Sturridge tenham oportunidade de jogar. Enquanto John Terry e Frank Lampard, lendas do clube, também deverão ser aproveitados se estiverem em plenas condições



Cech
Azpilicueta, Ivanovic, Terry, Bertrand
Lampard, Romeu
Moses, Mata, Marin
Torres


Partidas
  • Última
  • Próxima
EPL Liverpool - Chelsea 27/04/14 10:05 BRT
UCL Chelsea - Atl. Madrid 30/04/14 15:45 BRT
EPL Chelsea - Norwich City 04/05/14 12:00 BRT
EPL Cardiff - Chelsea 11/05/14 11:00 BRT
  
Mais Discutidos
Artilheiros
Jogador Gols Pênaltis
Eden Hazard Eden Hazard
Meio-campista
Chelsea
18 6
Samuel Eto'o Samuel Eto'o
Atacante
Chelsea
12 0
Oscar Oscar
Meio-campista
Chelsea
12 0
Fernando Torres Fernando Torres
Atacante
Chelsea
9 0
Andre Schürrle Andre Schürrle
Atacante
Chelsea
9 0