Santos 1 x 1 Palmeiras: Em jogo movimentado no Pacaembu, Peixe e Verdão ficam no empate
Lei do ex volta a aparecer em gol de Lucas Lima para o Alviverde; Gustavo Henrique deixou tudo igual

Em um clássico bastante movimentado no Pacaembu, Santos e Palmeiras ficaram no empate em 1 a 1, na noite desta quinta-feira (19), em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. A lei do ex voltou a aparecer e Lucas Lima abriu o placar para o Verdão, mas Gustavo Henrique deixou tudo igual.

Com o resultado, o Santos fica sobe para o 15º lugar do Brasileirão, com 14 pontos. Já o Palmeiras fica cai para a sétima posição, com 20 pontos marcados. Na próxima rodada, o Peixe visita a Chapecoense, enquanto o Verdão recebe o Atlético-MG.

O jogo

A partida iniciou movimentada no Pacaembu, com o Santos tentando surpreender aos 2 minutos em cabeçada perigosa de David Braz. Só que o Palmeiras respondeu logo. E com bola na rede. Aos 6, Willian puxou contra-ataque pela direita e soltou para Lucas Lima. Completamente livre dentro da área, ele girou e bateu no cantinho.

Na frente do placar, o Palmeiras se posicionou para sair em velocidade nos cotra-ataques. Já o Santos procurou trabalhar a bola no campo de ataque, mas não achou espaços. Aos 28, Hyron bate forte para defesa de Vanderlei. Na sequência, Rodrygo cruzou Sasha ajeitou e Gabriel desviou de leve para fora. Antes do intervalo, o Verdão quase marcou novamente. Em novo contragolpe, Lucas Lima serviu Willian, que bateu na saída de Vanderlei, mas Gustavo Henrique tirou em cima da linha. Na sobra, Lucas Lima bateu cruzado e Vanderlei espalmou.

Mais artigos abaixo

O Palmeiras deu indícios de que iria apertar no segundo tempo, quando Hyoran bateu colocado para fora, aos 2 minutos. Mas depois disso, o Santos passou a rondar a área adversária, mesmo sentindo muito a falta de um articulador pelo meio. E de tanto insistir, o Peixe chegou ao empate aos 30. Ferraz cruzou, Antônio Carlos afastou e Dodô, de cabeça, mandou novamente para a área. Felipe Melo desviou para trás, a bola bateu no travessão e sobrou para Gustavo Henrique empatar.

Até o fim, as duas equipes buscaram a vitória. O Peixe tentou em chute forte de Jean Mota defendido por Weverton. Já o Palmeiras parou em Vanderleu no chute de Bruno Henrique e em cabeçada de Deyverson, e praticamente no último lance da partida Jean acertou a trave e o placar não se moveu mais.

 

Comentários ()