Com falhas do goleiro e árbitro de vídeo, Alemanha passa sufoco desnecessário, mas vence Austrália
Nationalelf estreia com vitória na Copa das Confederações, mas sofre mais que o esperado

A Alemanha está poupando seus principais jogadores e não tem sua força máxima, mas ainda assim, possui um time muito talentoso e é uma das favoritas ao título da Copa das Confederações, que está sendo disputada na Rússia.

Afinal, o jovem time alemão, que não tem um atleta sequer acima dos 30 anos de idade, possui vários jogadores talentosos e conhecidos, que atuam em grandes ligas e equipes, como Draxler, Goretzka, Kimmich, Brandt, Werner, Süle, Can, Younes, Rüdiger, Hector e Mustafi, além de bons goleiros: Leno, Ter Stegen e Trapp.

Inegavelmente, a Nationalelf tem um time muito superior ao da Austrália, adversária nesta segunda-feira (19), na estreia das equipes na Copa das Confederações. Até por isso, a expectativa era de uma fácil vitória alemã, mas não foi bem assim.

JULIAN DRAXLER GERMANY CONFED CUP 19062017

A Alemanha venceu a Austrália no Olimpiyskiy Stadion Fisht, em Sochi, mas foi sofrido, por 3 a 2, e com mais sufoco do que o necessário e esperado.

Os alemães dominaram o jogo, principalmente no primeiro tempo, controlando a posse de bola, trocando bons passes e criando chances. O placar foi aberto logo aos cinco minutos, com Stindl, após bela jogada de Brandt pelo lado direito. A impressão era de que uma goleada da Mannschaft estava por vir, tamanha a facilidade da equipe alemã para dominar a partida e criar oportunidades de gol.

No entanto, estava tão fácil que a Alemanha cochilou, vacilou e tomou o empate aos 41', após chute de fora da área de Rogić, que o goleiro Leno aceitou. Mas Draxler, de pênalti, voltou a colocar o time de Joachim Löw em vantagem apenas dois minutos depois.

BERND LENO GERMANY CONFED CUP 19062017(Fotos: Getty Images)

No segundo tempo, novamente no começo, logo aos três minutos, Goretzka voltou a marcar para a Alemanha, que abriu 3 a 1 no placar. A impressão, novamente, era de que os alemães iriam golear, mas em novo cochilo, Jurić aproveitou nova falha de Leno, desta vez ainda mais bizarra, para diminuir para 3 a 2. Os árbitros de vídeo foram acionados no lance para validar o tento australiano.

Confira os números do jogo:

Depois disso, a Austrália ensaiou uma pressão, passou a ter mais posse de bola do que antes e tentar criar chances, mas não conseguiu o empate. O placar terminou mesmo em 3 a 2 para a Alemanha, que estreia com vitória, mas com mais sofrimento que o esperado e o necessário. Se tivesse jogado com mais vontade e atenção, não cometendo falhas bobas tamanha a facilidade do jogo, a Nationalelf teria goleado em Sochi.

Comentários ()