Top 3 brasileiros na Europa: Alisson fecha o gol, Paulinho marca pelo Barça e Fernandinho brilha na vitória do City

CompartilharFechar Comentários
Atacantes brasileiros passam em branco, mas volantes e goleiro da Seleção Brasileira brilham neste final de semana na Europa


ALISSON


HD Alisson Roma ICCFoto: Getty

Goleiro titular da Seleção Brasileira com Tite, Allison vem se destacando na Roma e se firmando como o número 1 do time da capital italiana. Neste final de semana o arqueiro brilhou no vitória por 1 a 0 sobre o Bologna. Alisson foi decisivo para a vitória da sua equipe, operando um milagre em um cabeceio de Adam Masina.


PAULINHO


Paulinho Sergio Busquets Getafe Barcelona LaLiga 16092017Foto: Getty

O volante voltou a ser titular no Barcelona e apesar de não fazer um grande jogo se destacou na vitória do time catalão por 2 a 0 sobre o Athletic Bilbao no San Mamés. Como de praxe, Paluinho foi elogiado por suas chegadas perigosas na área. O volante da Seleção Brasileira carimbou o travessão no primeiro tempo e fechou o placar do jogo já nos acréscimos da segunda etapa aproveitando o rebote dado pelo goleiro após uma finalização de Luis Suárez.


FERNANDINHO


Fernandinho Manchester City WBAFoto: Getty

Gabriel Jesus passou em branco em mais  uma vitória do Manchester City na Premier League. No entanto, o volante brasileiro Fernandinho foi um dos destaques da equipe de Pep Guardiola na vitória por 3 a 2 sobre o West Bromwich fora de casa no último sábado. O jogador foi responsável por dar a assistência para o primeiro gol do City, marcado por Sané e depois foi retribuído pelo alemã para marcar o segundo da equipe que lidera o Campeonato Inglês com boa folga para o Manchester United.

Próximo artigo:
Vidal destaca encontro com seu companheiro de Seleção na UCL
Próximo artigo:
Flamengo de Carpegiani é mais ofensivo que time dirigido por Reinaldo Rueda em 2017
Próximo artigo:
Fàbregas e Guardiola compartilham a mesma opinião sobre Messi
Próximo artigo:
Barcelona venceu 2 de suas últimas 4 Champions depois de eliminar o Chelsea
Próximo artigo:
Os números de Hazard e Messi na Champions League
Fechar