Se Carille sair, Osmar Loss vai trabalhar com a sombra de Mano Menezes

Comentários
Auxiliar tem a confiança da direção do Timão para ser promovido, mas treinador do Cruzeiro é o sonho de Andrés Sanchez

Osmar Loss é o escolhido da diretoria do Corinthians para assumir efetivamente o comando do time com a provável saída de Fábio Carille, que tem em mãos uma oferta milionária do Al-Hilal, da Arábia Saudita, mas, segundo o Blog Ora Bolas apurou, o sonho do presidente Andrés Sanches é trazer Mano Menezes no futuro.

Hoje no posto de auxiliar técnico, Loss tem a confiança dos dirigentes para ser promovido, principalmente por entender a fundo a filosofia de trabalho aplicada por Carille, que, por sua vez, herdou diversos aprendizados de Tite. Porém, na cabeça do mandatário corintiano, o "raio pode não cair duas vezes no mesmo lugar".

Fã de Mano, com quem trabalhou no próprio Timão e também na seleção brasileira, Andrés só cogita procurá-lo no fim do ano. Isso, claro, se Osmar Loss não atingir as expectativas durante o restante da temporada.

Tentar tirar Mano Menezes do Cruzeiro, no entanto, está de longe de ser uma tarefa fácil. Na Raposa desde 2016, tendo já rejeitado uma oferta para comandar o Palmeiras no fim de 2017, o treinador gaúcho tem contrato válido até dezembro de 2019, além de uma multa rescisória.

Mano está ciente do sonho alvnegro

Feliz e focado no Cruzeiro, Mano Menezes já foi informado que o presidente alvinegro Andrés Sanchez pensa em procurá-lo no futuro para voltar ao Timão, onde trabalhou em duas oportunidades (2008/2009 e 2014) e conquistou três títulos (um Paulista, uma Copa do Brasil e um Campeonato Brasileiro da Série B).
 

Próximo artigo:
The Best: injustiça e ironia na escolha por Luka Modric em detrimento a Cristiano Ronaldo
Próximo artigo:
Marta é eleita pela sexta vez a melhor jogadora do mundo
Próximo artigo:
Modric leva prêmio de Melhor do Mundo no FIFA Best 2018
Próximo artigo:
FifPro: Seleção do ano conta com Dani Alves e Marcelo; Neymar e Messi ficam fora
Próximo artigo:
Meia do Manchester City vê jogo contra o Liverpool como decisivo para as pretensões na Premier League
Fechar