Retorno de Everton pode catalisar recuperação do São Paulo após turbulência

Comentários
Nas três rodadas em que não teve o seu líder de assistências, o time comandado por Diego Aguirre oscilou e perdeu a liderança do Brasileirão

Header Tauan Ambrosio

Contratado junto ao Flamengo durante a atual temporada, Everton tornou-se um jogador indispensável para o São Paulo na busca pelo título brasileiro.

Peça importante na transição para o ataque, o ponto forte do Tricolor comandado por Diego Aguirre (que adota uma postura reativa, ao dar a posse de bola para o adversário enquanto aproveita ao máximo os contra-ataques), o extremo de 29 anos é líder de assistências neste Brasileirão: foram seis passes para gols.

Enquanto o camisa 22 se recuperava de uma lesão muscular sofrida na vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, o São Paulo encontrou dificuldades: somou quatro pontos dos nove em disputa e perdeu a liderança para o Internacional.

No entanto, a boa notícia para o torcedor são-paulino e para o técnico Diego Aguirre é que Everton tem boas chances de ser liberado pelo departamento médico do Tricolor para disputar, no próximo domingo (16), o clássico contra o Santos, marcado para a Vila Belmiro.

Caso Everton consiga voltar ao time, Rojas poderá voltar a atuar mais pela ponta-esquerda (onde teve maior destaque nesta Série A 2018).

Mas esta não é a única boa notícia. Outros seis jogadores poderão voltar à disposição do comandante uruguaio: Arboleda (zagueiro, que estava com a seleção equatoriana), Luan (que estava com a Seleção Sub-20), Reinaldo (suspenso), Bruno Peres (se recuperando de lesão muscular), Araruna (tendinite no calcanhar) e Rodrigo Caio (dores no joelho).

Dentre os citados, Arboleda, Reinaldo e Bruno Peres seriam os retornos de maior peso neste momento. Afinal de contas, o equatoriano é o líder em rebatidas do time (97, segundo a Opta Sports), Reinaldo poderia voltar à lateral-esquerda (onde vem se notabilizando como um dos maiores destaques do campeonato) e Bruno Peres voltaria para ocupar justamente a vaga de seu substituto, Régis, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Assim, o São Paulo poderá ter uma escalação com alguns de seus principais nomes no 4-2-3-1 usado até aqui: Sidão; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins (Rodrigo Caio) e Reinaldo; Hudson e Jucilei; Everton, Nenê e Rojas; Diego Souza.

GFX São Paulo

Se o desempenho são-paulino caiu justamente após a saída de Everton, o seu retorno poderá marcar definitivamente a arrancada que Diego Aguirre imagina para ganhar mais força na disputa pelo título. Afinal de contas, o momento pede melhora.

Próximo artigo:
Dante cobra mais responsabilidade de Balotelli: “cabe a ele trabalhar e treinar para melhorar”
Próximo artigo:
Prêmio The Best da FIFA: quando é e onde será realizado
Próximo artigo:
Barcelona x Girona: a partida de Lionel Messi
Próximo artigo:
Frosinone x Juventus: a partida de Cristiano Ronaldo
Próximo artigo:
FIFA The Best e Bola de Ouro: qual a diferença dos prêmios?
Fechar