Reta final do Brasileirão será decisivo para Cuca se manter no cargo

CompartilharFechar Comentários
Pressionado no cargo, Cuca terá que alcançar seus objetivos no segundo turno do Brasileirão, enquanto o Palmeiras já estuda alternativas

O Campeonato Brasileiro ainda está longe de terminar. No entanto, após a derrota do Palmeiras para o Santos o assunto no clube foi a possível saída de Cuca do comando da equipe. Após as eliminações da Copa do Brasil e da Libertadores, além da distância para o líder Corinthians no Brasileirão, o time segue sendo contestado por conta dos constantes tropeços, pesar de uma melhora perceptível nos jogos. 

Em baixa com a torcida, Cuca passou a ser contestado por conta dos resultados da equipe e a demora para encontrar um padrão de jogo. Na entrevista após o duelo contra o Santos, o treinador deu uma declaração polêmica questionando a sua própria permanência no clube na próxima temporada. No entanto, dias depois se retratou e afirmou que irá cumprir o seu contrato até o fim de 2018 com o clube alviverde. 

Na última segunda-feira, o Blog Ora Bolas, do jornalista Bruno Andrade, afirmou que o Palmeiras sondou o técnico Mano Menezes para 2018. Apesar de não ter aberto nenhuma negociação, a postura do clube e de Cuca na entrevista do final de semana indicam que o cargo de técnico do clube ainda indefinido, com Cuca podendo permanecer ou não. 

Moises Cuca Palmeiras treino 03082017 Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Campeão da Copa do Brasil com o Cruzeiro, Mano Menezes tem contrato somente até o fim de 2017 com a Raposa que tenta acelerar o processo de renovação do comandante, já pensando na Libertadores do próximo ano e evitando a concorrência. 

No Palmeiras, a decisão de quem será o treinador no próximo ano pode se alongar um pouco mais. Por isso, a reta final do Brasileirão deve ser extremamente importante para Cuca se manter no cargo. Caso consiga o seu objetivo, fazendo o time alviverde ser a melhor equipe do returno, o comandante pode convencer a diretoria a deixa-lo no cargo em 2018. No entanto, se o Verdão mantiver a inconsistência e continuar decepcionando até o fim do ano, o trabalho de Cuca pode ser reavaliado e uma possível troca no comando pode ser avaliada.


VEJA TAMBÉM:


Próximo artigo:
Gols contra pavimentam vitórias importantes de Vasco e Coritiba
Próximo artigo:
Atlético de Madrid promete lutar, mas se preocupa: "temos que vencer três jogos"
Próximo artigo:
Ney manda recado para R10, e diz querer ser um “Messi” para Mbappé
Próximo artigo:
Displicente, porém encantador. Contra o Anderlecht, o PSG deu um recado
Próximo artigo:
Torcida do Barcelona no Camp Nou pediu "diálogo, respeito e esporte"
Fechar