Recado para o Arsenal ou sobre o Chile? Alexis Sánchez desabafa nas redes sociais

CompartilharFechar Comentários
O atacante postou uma série de frases de efeito, e vem na esteira de dois resultados negativos por clube e seleção

O desabafo através das redes sociais é uma prática comum neste mundo moderno, e não é diferente com os jogadores de futebol. O chileno Alexis Sánchez voltou a deixar isso claro, ao fazer os seus primeiros comentários desde que não conseguiu deixar o Arsenal para jogar no Manchester City.

Sánchez, grande destaque dos Gunners na última temporada, não conseguia mais esconder a vontade de aceitar as investidas do City – onde reencontraria o treinador Pep Guardiola, com quem teve sucesso no Barcelona. Entretanto, como o Arsenal não conseguiu chegar a um acerto com Thomas Lemar, que viria do Monaco para assumir a posição, o chileno se viu obrigado a seguir no Emirates Stadium.

O atacante teria ficado furioso por não ter conseguido a transferência, e para piorar a sua situação horas depois foi derrotado por 3 a 0 pelo Paraguai, em confronto contra o Chile válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Com o mundo teimando em não dar a Alexis o que ele deseja, o único jeito foi desabafar na internet. E o atleta fez isso com frases de efeito, mas não foi direto ao ponto.


VEJA TAMBÉM:


“Quando o mundo lhe faz lembrar de suas derrotas, faça-o lembrar de suas vitórias inesquecíveis”, foi a primeira das várias frases escritas. “Um vencedor é apenas um perdedor que tenta mais do que uma vez”; “O que você faz importa, mas a razão pela qual você faz importa muito mais”; “Você vai entender que, o que hoje parece um sacrifício, no final vai se transformar na maior conquista de sua vida”.

Alexis Sanchez Arsenal Liverpool Premier League(Foto: Getty Images)

Enquanto os torcedores do Manchester City podem abrir um sorriso com o conteúdo do post, os fãs do Arsenal voltaram a desconfiar. No entanto, a impressão maior é de que Alexis esteja falando do atual momento do Chile nas Eliminatórias. Afinal de contas, a seleção que conquistou as Copas Américas em 2015 e 2016 está na quarta posição, mas com pouca distância em relação ao Peru – sexto colocado na tabela que leva para o Mundial de 2018, de forma direta, os quatro primeiros.

Alexis Sanchez, Chile​(Foto: Getty Images)

Nesta terça-feira (05), o Chile de Alexis Sánchez terá, contra a Bolívia, uma oportunidade de ficar mais aliviada. Já pelo Arsenal, o alívio não deve chegar tão cedo. Mas não há nada que o atacante possa fazer até o final de seu contrato, no término desta temporada.

Próximo artigo:
Palmeiras enfrentará reservas do Grêmio de novo, mas com muitas mudanças
Próximo artigo:
Fluminense tem o ataque mais cirúrgico do Brasileirão
Próximo artigo:
"Barcelona quer seguir jogando na La Liga", avisa Bartomeu
Próximo artigo:
Trio de ataque do PSG marca tendência
Próximo artigo:
Ao lado de Mbappé e Dembélé, Gabriel Jesus é indicado ao prêmio Golden Boy
Fechar