PSG 6 x 2 Toulouse: Com dois gols e assistências de Neymar, parisienses atropelam o Toulouse

CompartilharFechar Comentários
Além do brasileiro, Cavani, duas vezes, Pastore e Kurzawa marcaram para o time da casa. Gradel e Jullien descontaram para os visitantes.

Neymar fez seu primeiro jogo no Parque dos Príncipes e não decepcionou a torcida parisiense. Com shou do camisa 10, que fez dois gols e distribuiu assistências, o PSG atropelou o Toulouse por 6 a 2, na tarde deste domingo, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Francês. Além do brasileiro, Cavani, duas vezes, Pastore e Kurzawa marcaram para o time da casa. Gradel e Jullien descontaram para os visitantes. 

Com o resultado, o PSG assume a liderança da Ligue 1, com 9 pontos marcados. Já o Toulouse fica em 13º, com 3 pontos. Na próxima rodada, os parisienses enfrentam o Saint-Étienne, enquanto o Toulouse recebe o Rennes.

O jogo

A primeira etapa ficou marcada pela forte pressão imposta pelo PSG, fazendo o Toulouse ficar quase todo recuado. Os parisienses foram tentando chutes de fora e dentro da área. Em um deles, Neymar mandou por cima do travessão, aos 13. Mas os visitantes estavam jogando apenas por uma bola. E a chance veio aos 18, quando Amian apoiou pela direita e cruzou. Gradel pegou de primeira e estufou a rede, abrindo o placar.

Neymar PSG TFC Ligue 1 20082017
(Foto: Getty Images)

O PSG, então, foi ainda mais para cima do adversáro. Aos 25, Daniel Alves cruzou e Neymar desviou, mas a bola beijou a trave e saiu. Mas logo em seguida viria o gol. Neymar arrancou pela esquerda, soltou para Cavani e correu para a área. O uruguaio bateu cruzado, o goleiro deu rebote e o camisa 10 mandou para o fundo do gol. Era o que faltava para os parisienses irem pressionarem mais. aos 35, Rabiot tabelou com Neymar e acertou chute no cantinho, virando o marcador. 

A etapa complementar foi de enlouquecer a torcida parisiense. O time da casa tinha o controle do jogo, até que Verratti foi explsuo aos 24. E Neymar puxou a responsabilidade no PSG. O brasileiro sofreu o pênalti convertido por Cavani aos 30. Só que logo em seguida, Jullien diminuiu para o Tolouse e o clima ficou, por alguns minutos, de apreensão.

Angel Di Maria PSG TFC Ligue 1 20082017
(Foto: Getty Images)

Só que a qualidade individual do PSG falou mais alto. Aos 37, Pastore acertou lindo chute colocado e marcou o quarto gol. Logo em seguida, Neymar bateu escanteio e Kurzawa fez outro belo tento, agora de voleio. Mas em meio a tantos gols bonitos, Neymar também quis deixar o dele. O brasileiro brigou pela bola dentro da área, deitou e rolou e fechou o placar no Parque dos Príncipes.

Próximo artigo:
Javi Martínez: "A perna esquerda de James é uma maravilha, uma jóia"
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
Newcastle acerta empréstimo de Kenedy junto ao Chelsea
Próximo artigo:
PSG anuncia a contratação de Lassana Diarra
Próximo artigo:
Pequenos Gigantes: celeiro de grandes craques, o Madureira tem um DNA desbravador
Fechar