Por que CR7 e Messi são os únicos capazes de impedir que Salah vença a Bola de Ouro

CompartilharFechar Comentários
O egípcio foi nomeado como Melhor Jogador do Ano pela PFA e pode ser o favorito à Bola de Ouro caso vença a Champions League

Ninguém quer competir contra Mohamed Salah no momento – nem mesmo nos treinos. “É um pesadelo quando você o encara”, admitiu Trent Alexander-Arnold aos repórteres, após assistir ao seu colega de Liverpool criar e marcar dois gols, aterrorizando Juan Jesus na partida de 5 a 2 contra o Roma.

Na verdade, é difícil encontrar alguém que fale mal de Salah; ele tem o mundo todo do futebol bajulando-o por suas exibições no Liverpool. Seus colegas na Inglaterra já votaram nele para ser o Jogador da Temporada, enquanto há milhares de pedidos para o egípcio ser o vencedor do Bola de Ouro este ano.

“É difícil compará-lo a Cristiano Ronaldo e Messi porque eles já fazem isso há muito tempo. E eles têm sido consistentes ano após ano”, disse Steven Gerrard ao BT Sports. “Mas, sem sombra de dúvidas, ele é o melhor jogador do planeta no momento.” Essa é uma afirmação ousada por parte do ex-capitão do Liverpool, até porque Messi acaba de levar o Barcelona a um duplo título nacional. Já Cristiano Ronaldo alcançou a terceira final seguida da Champions League, com 15 gols em 12 partidas.

No entanto, até o momento Salah é sem dúvidas um forte candidato. “Messi é o melhor jogador que eu já enfrentei, mas agora Mo Salah será temido como o argentino”, disse o goleiro Alisson à Gazzetta dello Sport nesta semana. “Com a temporada que está tendo, ele pode entrar na disputa pela Bola de Ouro.”

GFX Salah 030518 ps

Certamente, seu status nesta temporada cresceu em relação a Messi. De fato, ele disputa com o camisa 10 do Barcelona por um gol de diferença na corrida pela Chuteira de Ouro da Europa, com o egípcio já tendo igualado o recorde da Premier League com 31 gols em apenas 34 partidas.

No entanto, a contribuição de Messi para a campanha do Barcelona, até então invicta em La Liga, não pode ser ignorada. Ele não apenas marcou mais gols do que qualquer outro jogador na Primera Division, como acumulou o maior número de assistências (12) e criou o maior número de chances (82).

O maior jogador de La Liga em todos os tempos (já venceu nove títulos espanhóis, mais do que Alfredo di Stefano) acabou de realizar a temporada mais influente de sua brilhante carreira. Porém, a saída blaugrana da Champions League deixa um pouco complicada a sua disputa pela Bola de Ouro.

Contudo, um consenso geral é que ele ainda compete com seu maior rival, CR7, na corrida pelo prêmio do ano, pois quando se trata de prestígio individual, a Champions League se torna ainda mais decisiva. Embora soe um pouco ridículo, a Champions é agora considerada um campeonato muito mais valioso que uma boa campanha da Liga.

O capitão do Real, Sergio Ramos, disse na última terça-feira (01) que “foi uma grande temporada para o Barcelona com dois títulos, mas vencer a Champions é como ganhar esses dois títulos também – até melhor.”

GFX chuteira 030518

Os eleitores do Bola de Ouro parecem concordar com Ramos. Apenas três vezes nos últimos 10 anos, a Bola de Ouro não foi para um vencedor da Champions: Messi em 2010 e 2012; Cristiano em 2013.

O astro português é sempre um grande sucesso com os eleitores devido a sua precisão e excelência, e se ajudar o Real a manter sua coroa europeia em Kiev em 26 de maio, Ronaldo será o favorito a ser eleito o Melhor Jogador do Mundo pelo terceiro ano consecutivo.

Desta forma, o mesmo vale para Salah. Acompanhar uma Premier League como recordista de gols e alcançar um triunfo inesperado na Liga dos Campeões colocaria o egípcio nas primeiras posições para a Bola de Ouro.

GFX gols 030518

"Depois de ser nomeado Jogador do Ano pela PFA, Salah agora pode se colocar na disputa para o Bola de Ouro também", argumentou Frank Lampard. "Vai ser difícil para ele quebrar o grupo que é Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Precisará de muito para fazer isso. Mas se ele levar o título da Liga dos Campeões com o Liverpool, isso pode muito bem ser feito".

De fato, com uma medalha de campeão no pescoço, nem mesmo Ronaldo ou Messi estariam confiantes em ir contra Salah na batalha pela Ballon d'Or deste ano.

Próximo artigo:
Copa do Brasil: quais times chegaram mais vezes nas quartas de final?
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quinta-feira, 24 de maio
Próximo artigo:
Copa Libertadores 2018: eliminatórias, jogos e resultados da competição
Próximo artigo:
Lionel Messi vs Cristiano Ronaldo: quem tem mais títulos?
Próximo artigo:
O valor de Mohamed Salah: quanto ganha e qual o patrimônio do egípcio
Fechar