Por que Iniesta deveria ficar mais uma temporada no Barcelona?

CompartilharFechar Comentários
O meio-campista de 33 anos está perto de partir, mas deixa a sensação de que ainda poderia continuar brilhando no Camp Nou

As lágrimas brotaram de seus olhos. Quando Andrés Iniesta saiu de campo no Wanda Metropolitano, abraçando seus companheiros de equipe e aplaudido por ambas torcidas após ajudar o Barcelona a vencer o Sevilla por 5 a 0 na final da Copa del Rey.

Sua parceria chega ao fim. E um final bem apropriado. Iniesta havia realizado uma bela partida, superando seus rivais, dando passes precisos e ainda anotando um excelente gol pela equipe. Afinal, sempre guardou seus gols para grandes ocasiões.

Depois de passar os últimos minutos do jogo no banco, voltou ao campo para levantar o troféu, seu 31º com o Barcelona, e o 34º no total de sua carreira. O jogo deste domingo (29) contra o Deportivo La Coruña pode dar ao jogador o seu último título registrado pelo Barcelona, para fechar a sua temporada vencendo também a La Liga.

“São muitas emoções e sentimentos. Estou feliz pela imagem que nós fizemos e pelo título. Os torcedores mereciam depois do que aconteceu contra a Roma”. Disse o jogador após a final da Copa.

Andres Iniesta Barcelona Copa del Rey final
(Foto: Getty Images)

Iniesta foi recebido ovacionado por torcedores de toda a Espanha, incluindo os do Real Madrid e Espanyol, os principais rivais do Barcelona. No último sábado (21), os torcedores do Sevilla também se renderam a uma homenagem ao jogador, apesar de seu time estar perdendo por 5 a 0 no momento em que ele foi substituído. “Comecei a chorar quando escutei a ovação que fizeram para Andrés. Foi realmente emocionante escutar os aplausos”, disse o pai do jogador, José Antônio.

Andrés faz 34 anos em maio, enquanto Lionel Messi somará 31 em junho. Juntos, estão na vanguarda da melhor época do Barcelona e, sem eles, não teria sido tão especial, mas agora tudo irá se acabar.

Iniesta irá a China no meio do ano, apenas alguns meses depois de fechar contrato “vitalício” com o clube catalão, apesar de seguir sendo suficientemente bom para continuar no Camp Nou por pelo menos mais uma temporada.

No entanto, mesmo quando ele tiver ido, seu futebol ainda irá durar muito tempo na memória dos torcedores. Seu jogo é uma alegria para os olhos e é triste que se vá tão cedo, perante uma temporada que demonstrou ainda estar ao nível do Barcelona.

Próximo artigo:
Copa do Brasil: quais times chegaram mais vezes nas quartas de final?
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quinta-feira, 24 de maio
Próximo artigo:
Copa Libertadores 2018: eliminatórias, jogos e resultados da competição
Próximo artigo:
Lionel Messi vs Cristiano Ronaldo: quem tem mais títulos?
Próximo artigo:
O valor de Mohamed Salah: quanto ganha e qual o patrimônio do egípcio
Fechar