Real Madrid não precisará pagar multa rescisória de Lopetegui

CompartilharFechar Comentários
A multa estabelecida pela Real Federação Espanhola de Futebol foi automaticamente anulada, uma vez que o treinador foi demitido do cargo

Após o anúncio da contratação de Julen Lopetegui, o Real Madrid não precisará pagar a multa em relação ao contrato do treinador com a seleção espanhola.

O técnico, que foi demitido do cargo na manhã desta quarta-feira (13), possuía vínculo com a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) até 2020. O rompimento unilateral por parte da federação tira dos merengues a obrigação de desembolsar o valor que estava determinado.

Em entrevista coletiva, o presidente da RFEF, Luis Rubiales, comentou sobre o assunto. "Trabalhamos duro para que tivéssemos 20 milhões de euros (cerca de R$ 87 milhões) de renda. Os 2 milhões (em torno de R$ 8,75 milhões) da quebra do contrato ficam em segundo, terceiro plano", disse.

GFX Lopetegui 13062018

A federação anunciou em comunicado oficial que o Real Madrid ia pagar a cláusula do comandante, para que pudesse ser liberado das funções com a Espanha e assumisse os Blancos após o Mundial da Rússia.

Próximo artigo:
Botafogo: jogadores elogiam Cássio, e tiram boas lições após derrota para o Corinthians
Próximo artigo:
São Paulo no Brasileirão 2018: números, gráficos e evolução
Próximo artigo:
Cássio comenta defesaça contra o Botafogo: “não tenho noção do grau de dificuldade”
Próximo artigo:
Aguirre mantém pés no chão com São Paulo, e Everton fala sobre o gol contra o Flamengo
Próximo artigo:
Flamengo: jogadores criticam postura do São Paulo, e lamentam “falta de tranquilidade”
Fechar

Utilizamos cookies para proporcionar-lhe uma melhor experiência online. Se continuar navegando em nosso site, consideramos que está de acordo com a nossa política de privacidade.

Exibir mais Aceitar