Marcos Guilherme, Rodrigo Caio, Cueva, Militão... As situações dos jogadores que podem deixar o São Paulo

CompartilharFechar Comentários
Raí falou sobre o futuro dos jogadores após a classificação do Tricolor para a segunda fase da Copa Sul-Americana

Com a proximidade da abertura da próxima janela de transferências do futebol europeu, os clubes brasileiros já começam a se preocupar com possíveis saídas de jogadores após a Copa do Mundo. Um dos times que mais tem situações indefinidas é o São Paulo.

O zagueiro Rodrigo Caio, por exemplo, é um dos jogadores que já deixou claro que seu ciclo no São Paulo está chegando perto do fim. Desde 2011 no elenco profissional, o defensor já esteve perto de ser vendido algumas vezes. Em 2015, Valencia-ESP e Zenit-RUS quase levaram o jogador, enquanto no início deste ano a Real Sociedad-ESP foi quem tentou contratá-lo.

“O Rodrigo Caio é um jogador que tem uma história aqui que tem de ser respeitada. Sabemos do amor que ele tem pelo São Paulo e vamos estudar. Ele está se manifestando. Se isso (saída do clube) não acontecer, não vai ter nenhum problema. É um jogador de alto nível, de Seleção. Há muitos anos como titular do São Paulo. Vamos estudar o caso”, afirmou o executivo de futebol Raí após a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana com a vitória por 1 a 0 sobre o Rosario Central, no Morumbi.


Os números de Rodrigo Caio no Paulistão

Quem também pode sair para a Europa é Éder Militão. Alvo do Manchester City, o jovem jogador tem contrato com o Tricolor até o dia 11 de janeiro de 2019 e, portanto, pode assinar com outro clube a partir de julho. O clube do Morumbi já tentou por diversas vezes uma prorrogação contratual, mas até o momento não chegou a um acordo.

Eder Militao Sao Paulo Cruzeiro Brasileirao Serie A 13082017
(Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação)

O atacante Marcos Guilherme, por sua vez, tem contrato de empréstimo cedido pelo Atlético-PR até junho e já demonstrou insatisfação por conta da indefinição do seu futuro. Flamengo e Corinthians já teriam demonstrado interesse na sua contratação, mas o alto valor é um empecilho: desembolsar 3 milhões de euros (cerca de R4 12,7 milhões).

“A gente está fazendo todos os esforços para tentar estender (o contrato), ver alguma maneira, ter um valor para aquisição, que foi definido bastante alto. Então, a gente vai tentar negociar e ver uma maneira de definir a situação dele”, explicou Raí.


Os números de Marcos Guilherme no Paulistão

Quem pode não atuar mais com a camisa do São Paulo é Cueva. Liberado pelo São Paulo para acompanhar o nascimento do segundo filho, no Peru. O meia está fora do jogo contra o Bahia neste domingo (13) e provavelmente também do clássico contra o Santos no dia 20 de maio, na véspera da apresentação oficial da seleção peruana. Depois da Copa, existe a expectativa que ele seja negociado embora Raí tenha desconversado.

“Despedida, não. O Cueva ainda tem contrato com o São Paulo (até 2021). Vamos torcer para que ele faça uma boa Copa do Mundo”, ressaltou.


Os números de Cueva no Paulistão
Christian Cueva Sao Paulo treino 12012018
(Foto: Erico Leonan/SPFC/Divulgação)

Próximo artigo:
Bola de Ouro da Copa do Mundo: o que é, quem ganhou e o vencedor de 2018
Próximo artigo:
Maxi López fecha com o Vasco e vai usar a 11 de Romário
Próximo artigo:
Momentos Campeões: Apesar de juventude, campeã França se garantiu ao mostrar maturidade na Rússia
Próximo artigo:
Craque da final, Griezmann se veste com bandeira do Uruguai e comenta possível Bola de Ouro
Próximo artigo:
Quais foram os melhores jogadores das Copas do Mundo?
Fechar