Lord Ouseley: 'Roberto Firmino tem que confessar se ele for culpado'

CompartilharFechar Comentários
Presidente da Kick It Out oferece assistência para ambos os jogadores e pede para Firmino "se acusar" caso ele tenha ofendido racialmente Holgate

 Roberto Firmino deve admitir caso ele realmente tenha feito uma observação racialmente ofensiva para Mason Holgate e aprender com seu erro, afirmou o líder do corpo anti-discriminação do futebol. 

Lord Ouseley, presidente da Kick It Out, disse que a organização esteve em contato com Holgate, defensor do Everton e Firmino, o atacante do Liverpool, através dos clubes para oferecer seus serviços. 

Holgate acusou Firmino de fazer uma observação racista contra ele durante o derby da terceira rodada da FA Cup, na última sexta-feira, em Anfield. O lance polêmico aconteceu quando Holgate empurrou Firmino sobre a placa publicitária. O atacante brasileiro voltou para o campo e correu em direção a Holgate, e os jogadores acabaram se envolvendo em uma discussão verbal quente, enquanto Bobby Madley, o árbitro, os separava. 

A FA está investigando a alegação e Ouseley disse que Kick It Out agora tem muito mais confiança no órgão de governo após a infelicidade em relação ao tratamento de casos de racismo envolvendo Luis Suárez e John Terry em 2011-12. 

Mason Holgate Roberto Firmino Everton Liverpool 05012017Foto: Getty

Ouseley disse ao The Times: "Se Firmino disse algo racialmente ofensivo no calor do momento seria melhor para todos os envolvidos, inclusive para ele mesmo, se ele aceitar isso e então ele poderá aprender com um erro". 

"Isso mostrará para a próxima geração, que imita o que esses grandes jogadores fazem, que você pode cometer erros e depois se desculpar corretamente. Nós somos justos nisso e estamos dizendo que estamos aqui, se necessário. Pode ser que o jogador tenha sido erroneamente acusado de ter cometido um ato de abuso. Nós encorajamos as pessoas a admitir o que fizeram, acreditamos que esse é o caminho mais fácil para seguir em frente. No caso Suárez, ele nos disse que não sei quantas vezes ele era inocente e John Terry o mesmo. Trevor Sinclair, no entanto, levantou as mãos e admitiu sua culpa". 

Mason Holgate Roberto FirminoFoto: getty

Sinclair, o ex-atacante da Inglaterra, recebeu um pedido de serviço comunitário na semana passada depois de admitir abusar racialmente de um policial branco que o prendeu por dirigir após beber. 

Ouseley acrescentou: "Nós não estamos envolvidos nesta última investigação, mas nós entramos em contato com ambos os clubes e os jogadores oferecendo qualquer suporte para qualquer uma das partes. Queremos oferecer nossos serviços se os jogadores tiverem sido abusados ou acharem que não estão recebendo o tratamento certo".

Próximo artigo:
Quanto tempo o Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil ficam pausados pelo Mundial
Próximo artigo:
Quais foram os melhores jogadores das Copas do Mundo?
Próximo artigo:
Treinador compara Cristiano Ronaldo e Messi a Lennon e McCartney
Próximo artigo:
Rússia 2018: a Copa do Mundo dos gols contra
Próximo artigo:
Copa do Mundo 2018: inícios, fins... e sustos com Neymar. O resumo de terça!
Fechar