Justiça volta a negar liberação de Scarpa

CompartilharFechar Comentários
Fluminense e jogador terão 10 dias para se manifestarem

A novela Gustavo Scarpa segue sem definição. Em audiência na manhã desta segunda-feira, no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ), a juíza Dalva Macedo deu 10 dias para o jogador e para o Fluminense apresentarem as razões finais no processo já que as partes não chegaram a um acordo.

Os advogados do meia tentaram fazer com que a juíza reconsiderasse sua decisão, mas não obtiveram sucesso. Agora, será necessário aguardar o fim do prazo determinado para que a sentença seja apresentada. Ao lado perdedor, ainda caberá recurso.

Gustavo Scarpa treino Palmeiras 26012018
(Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Até lá, Scarpa segue vinculado ao clube carioca e, portanto, não poderá defender o Palmeiras.

“Sempre (buscamos um acordo). Tudo depende das partes e conciliarem. O Fluminense conversou com o atleta e seus representantes na semana passada, mas não chegamos a um acordo. Tudo é questão de conciliar. O vínculo dele, hoje, é com o Fluminense. Mas ele optou por não se reapresentar ao trabalho, o que é uma faculdade legal dele, então é por isso que ele não está jogando”, declarou o advogado do clube carioca Rui Meier.

Scarpa, que esteve presente na audiência, e seus advogados preferiram não conversar com a imprensa.

Próximo artigo:
Brasileirão 2018: quando volta, quais os próximos jogos e como está a classificação?
Próximo artigo:
O valor de Cristiano Ronaldo: quanto ganha e qual o patrimônio do português
Próximo artigo:
Thierry Henry se demite das TVs para seguir carreira de técnico
Próximo artigo:
Mercado de transferências: Os últimos rumores de Liverpool, Arsenal, United, Real Madrid e todos grandes clubes
Próximo artigo:
Real Madrid está perto de anunciar a contratação de Courtois
Fechar