José Pékerman nos Mundiais: como foi, jogos e efetividade

Comentários
O argentino vai ao seu terceiro Mundial, o segunda consecutiva no comando da seleção da Colômbia. Veja os números dele!

José Pékerman chega à Rússia no comando da seleção da Colômbia com a pressão de ao menos repetir a atuação dos "Los Cafeteros" no Brasil em 2014. Em sua terceira participação como técnico em um Mundial, o argentino buscará aplicar toda a experiência adquirida por sua passagem pela Argentina, além dos ensinamentos de quatro anos atrás.


Alemanha 2006


Jose Pekerman Argentina 2006
(Foto: Getty Images)

Estreou com vitória por 2 a 1 sobre a Costa do Marfim em Hamburgo, com gols de Hernán Crespo e Javier Saviola. Na segunda rodada, goleou a Sérvia e Montenegro com um contundente 6 a 0, incluindo a estreia com gol de Lionel Messi. Terminou a fase de grupos com um empate sem gols contra a Holanda, liderando o grupo C com 7 pontos. 

Nas oitavas de final, enfrentou o México e venceu por 2 a 1, com o memorável golaço de Maxi Rodríguez e, desta forma, alcançou as quartas de final diante da Alemanha. Com o 1 a 1 nos 90 minutos e também no tempo extra, a decisão com os anfitriões foi para os pênaltis e Lehmann, defendeu os pênaltis de ayala e Cambiasso, pondo fim a trajetória hermana na competição.

Depois do jogo, Pékerman foi duramente questionado por não utilizar Messi e pagou caro pela derrota.


Brasil 2014


José Néstor Pekerman - Colombia 2 Costa de Marfil 1 Grupo C 19 de junio 2014
(Foto: Getty Images)

Oito anos depois daquele golpe na Alemanha, Pékerman voltou ao cenário, desta vez com a Colômbia. O sonho dos "Los Cafeteros" por uma grande apresentação era grande, devido a campanha nas eliminatórias, além da alegria de retornar ao Mundial depois da França, em 1998.

A Grécia foi a primeira a sucumbir diante da Colômbia, que venceu por 3 a 0 em Belo Horizonte. Depois, os colombianos bateram a Costa do Marfim por 2 a 1 em Brasília e encerraram a fase de grupos com uma goleada de 4 a 1 sobre o Japão. A confiança aumentou para as rodadas seguintes graças ao trabalho de Pékerman.

Nas oitavas de final, a vitória histórica sobre o Uruguai por 2 a 0, com um James Rodríguez inspirado aumentou a expectativa do país. No entanto, o time voltou a cair nas quartas de final, desta vez para o Brasil, por 2 a 1.


Efetividade


José Pekerman rueda de prensa
(Foto: Getty Images)

No total, José Pékerman comandou suas equipes em 10 partidas em Copas do Mundo, com saldo favorável de 7 vitórias, 2 empates e 1 derrota. Sob seu comando, argentinos e colombianos marcaram 23 gols e só sofreram 7. Em suas duas participações alcançou as quartas de final.

Próximo artigo:
Provocação de James em vitória do Bayern enfurece torcedores do Benfica
Próximo artigo:
Willian garante triunfo do Chelsea na estreia na Europa League; Lazio e Sevilla também vencem
Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo se iguala a Neymar e “cai nas redes” do zagueiro Murillo
Próximo artigo:
A primeira expulsão de Dedé com a camisa do Cruzeiro
Próximo artigo:
Ameaçado, Maurício Barbieri ressalta confiança no Flamengo e mira jogo contra o Atlético-MG
Fechar